sp.abra

PROJETO RECONSTRUÇÃO – UMA PROPOSTA

A situação do setor de alimentação fora do lar, é semelhante ao da Europa no final da 2º Guerra Mundial, está arrasado. A Europa foi recuperada rapidamente graças ao Plano Marshall, que estimulou atividades econômicas e a reergueu rapidamente.

Propomos para o setor um plano semelhante, adaptado, a ser levado à frente através da união daqueles que participam e representam todo o segmento. As parcerias são fundamentais para a realização das metas.

A Reconstrução vai além de uma simples recuperação, visa estruturar o setor em novas bases, melhor, mais qualificado e produtivo.

O projeto prevê uma estratégia, cujos pontos fundamentais são impedir novos custos e obstáculos ao desenvolvimento dos bares, restaurantes e similares, e aumentar a qualificação, inovação, procura por seus serviços, retorno da clientela e do turismo.

Dentro dessas linhas básicas, como os recursos são escassos, vamos estimular a utilização de meios sem custos ou com custos reduzidos, tais como: qualificação, inovação, resiliência, aprimoramento de gestão, comunicação e divulgação de conhecimento sobre as alterações de mercado. As ações serão comunicadas a um mailing composto por cerca de 50 mil estabelecimentos parceiros, mídia e formadores de opinião.

Criaremos condições para manter abertas e produtivas as empresas de toda a cadeia, via captação de investimentos, abertura de vagas de empregos, qualificação dos serviços, mais contribuições tributárias e PIB, e fomento do turismo. Sendo assim, haverá resultados positivos para a sociedade e o país.

Para a Abrasel SP apoios institucionais são importantes, no entanto, o mais relevante é a participação efetiva e o engajamento dos parceiros. Nos próximos seis meses teremos intensa atividade.

A entidade vai reunir proprietários de bares e restaurantes, chefs, funcionários, fornecedores de produtos e serviços, consultorias, faculdades de gastronomia e gestão, jornalistas e mídias especializadas, para engajá-los nesta ação coletiva.

É hora de darmos as mãos e unir forças, para efetivarmos esta proposta de forma rápida, produtiva e eficaz, em prol do setor.

PROJETOS ESPECIAIS, DENTRO DO PROJETO RECONSTRUÇÃO

1. TORNAR O SETOR EM FORMADOR DE OPINIÃO NO COMBATE PERMANENTE A PANDEMIAS

Visto os efeitos pavorosos da pandemia, a forma como afetou os estabelecimentos, será desenvolvido um projeto especial para transformar cada empreendedor, trabalhador e fornecedor em um formador de opinião, na divulgação de cuidados que devem ser adotados para evitar a contaminação e o risco de qualquer tipo de recidiva. Lembremos que o setor oferece ocupação direta a 3,6% da população e, portanto, ter todos esses cidadãos ativos e cuidadosos é muito importante, mais ainda se ativos na formação de opinião.

2. AUMENTAR A CLIENTELA DO SETOR DE AFL, ULTRAPASSANDO O QUE ERA NORMAL

Outro projeto especial será a campanha para não só trazer de volta a antiga clientela do setor, como aumentá-la, reconquistando a confiança, oferecendo produtos e serviços de melhor qualidade e menor preço, mostrando-se seguro no combate ao vírus; divulgando-se como locais ideais para desenvolver a humanidade que existe em cada um de nós; desfrutando de momentos de amizade, sociabilização, alegria e prazer.

Comentários