01/02/13 - Bebidas têm a maior carga tributária entre os produtos para o carnaval

 

Avaliação que a legislação brasileira faz dos produtos é o que justifica os altos tributos pagos

Bebidas como a caipirinha e o chope registram as maiores cargas tributárias entre os produtos mais tradicionais do carnaval. Um estudo divulgado nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) apontou que os itens mais consumidos na festa são também os com maior percentual tributário.

 

As bebidas registram as maiores incidências entre os itens avaliados pelo IBPT. Caipirinha (76,66%), chope (62,20%), cerveja (55,60%) e refrigerante em lata (46,47%) lideram a lista. Entre os adereços mais comuns, o colar havaiano (45,96%) e o spray de espuma (45,94%) também apresentaram percentuais elevados. De acordo com o presidente do Instituto, João Eloi Olenike, a avaliação que a legislação brasileira faz dos produtos é o que justifica os altos tributos pagos. "Por não serem itens considerados essenciais pela legislação, esses produtos têm uma elevada carga tributária", explica Olenike.

Para quem pretende acompanhar os desfiles das escolas de samba pessoalmente, o estudo aponta que a o Leão abocanhará 36,28% do preço de um pacote de viagem que inclui hospedagem, transporte e ingressos para o sambódromo.

 

Fonte: Zero Hora - RS