03/01/13 - Aproveite a época do ano para observar as franquias

 

Época mais movimentada do comércio é um bom momento para interessado verificar o funcionamento das redes no pico de vendas

Fim de ano, férias, lojas cheias e praças de alimentação lotadas. É nessa época, a mais farta para o comércio, que o empreendedor tem uma boa oportunidade para observar o mercado caso pense em adquirir uma franquia. “Algumas empresas dão férias coletivas. Quem estiver interessado em franquias pode aproveitar esse tempo de folga no trabalho ou até mesmo as férias para verificar o funcionamento das redes. É preciso olhar o negócio e visitar lojas. Não adianta só ficar pesquisando pela internet”, destaca Luis Henrique Stockler, sócio-diretor da consultoria ba}Stockler, especializada no segmento.

Mas o interessado não deve ficar restrito apenas ao comércio. Ele pode aproveitar para visitar, por exemplo, as escolas de idiomas, para saber sobre o funcionamento nesse período de menor frequência nas aulas.

O setor garante que a hora é boa para investir. “Temos um momento excelente para o consumo nacional e o franchising, que é uma maneira de fazer varejo estruturado, com marcas conhecidas, é uma grande oportunidade de investimento”, garante Cristina Franco, eleita para presidir a Associação Brasileira de Franchising (ABF) até o fim de 2014.

O interessado em colocar dinheiro em uma franquia que guardou o 13º salário pode aproveitar e engordar a poupança do empreendedorismo. Mas antes de gastar, é preciso planejar a ação nos mínimos detalhes para evitar insucessos. De acordo com Luis Henrique Stockler, o candidato a dono de franquia precisa entender as peculiaridades de cada negócio e avaliar ainda sua sazonalidade para saber a melhor época para a inauguração.

“Se uma loja de chocolates já perdeu a Páscoa, que representa quase 50% das vendas do ano, é melhor ela esperar para inaugurar mais perto do Natal, que representa outros 20%. Isso vai gerar uma economia de capital de giro”, explica o consultor.

 

Operação

Outra recomendação dos especialistas no segmento é que o interessado deve ‘se apaixonar’ pelo dia a dia da operação e não apenas pelo produto que o negócio vende para o consumidor. “Gostar do produto é importante, mas gostar da operação é fundamental. Se o empresário não tiver paixão pelo negócio, ele desanima e não vai conseguir rentabilizá-lo”, afirma o consultor.

Cristina, da Associação Brasileira de Franchising, aconselha o interessado a também estudar as regras do franchising e, se achar necessário, até procurar um advogado especializado no setor para se sentir mais seguro antes de tomar qualquer decisão relacionada ao assunto. “Nos últimos sete anos, o franchising cresceu dois dígitos. A projeção é que a alta ultrapasse a casa dos 15% em 2012 e mantenha esse ritmo em 2013”, garante a nova presidente da ABF.

Áreas para investir

Alimentação fora do lar

Gastos com refeição fora do lar, feitas em bares e restaurantes, continuarão crescendo, com destaque especial para as praças de alimentação em shoppings.

Serviços

Serviços para casa e carros são opções. Esses negócios não precisam de estoques, portanto, o investimento

será menor. Mas o esforço do empresário é fundamental.

Saúde e beleza

Setor continua sendo uma boa aposta. O Brasil ocupa a 3ª posição no mercado de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos, de acordo com a consultoria Euromonitor.

Fonte: Estadão