05/12/12 - Franquia de frozen avança em momento ruim para o segmento

 

Em um país tropical como o Brasil ninguém resiste a um sorvete para se refrescar no calor. Há, no entanto, cada dia mais a preocupação com a saúde. E é aí que entra a opção dos frozen yogurts - sorvetes, porém feitos de iogurte e com baixa caloria, menos gordura e açúcar.

Segundo Rychard Lyle, diretor de franchising da Yogoothies - rede de frozen yogurt - esse mercado passa por um período ruim. "O segmento sofre a maior derrocada da sua história, várias lojas estão fechando", afirma. Mas, apesar da fase difícil, a Yogoothies pretende encerrar 2012 com 6 lojas a mais, totalizando 32 unidades e R$16 milhões de faturamento.

Para Rychard, o sucesso atual da franquia deve-se ao bom planejamento. "A estabilidade de hoje é resultado do planejamento mercadológico feito anteriormente. Mais importante ainda foi o trabalho contínuo de desenvolvimento de negócio", explica.

Modelo de negócios

Desde a sua concepção, o objetivo da Yogoothies era ser uma franqueadora. Segundo Rychard, a ideia nunca foi ter unidades próprias de varejo. "Na yogoothies fizemos um processo distinto: desenvolvemos a concepção do franqueador e da franquia", diz.

O diretor de franchising conta que a criação da marca envolveu muito estudo e um plano de negócios de 18 meses, "Estudamos o mercado de frozen yogurt que estava mais maduro nos EUA para nos diferenciarmos dos concorrentes", lembra Rychard.

Outro fator que Rychard aponta como importante é o investimento na marca. "Em nenhum momento os sócios realizaram qualquer distribuição de resultados das empresas. Todos os recursos continuaram sendo aplicados e foram revertidos para inovação, pesquisa e desenvolvimento", complementa.

Pesquisa e desenvolvimento

Os recursos investidos em pesquisa e desenvolvimento resultaram em uma indústria de base de frozen yogurt, de onde os produtos são distribuídos para todo o País. "A indústria dá segurança e desenvolvimento para a marca", afirma o diretor de franchising. A indústria fica na cidade de Campinas (SP) e conta hoje com uma capacidade produtiva de 30 toneladas por mês.

De acordo com Rychard, essa estrutura permite sempre lançar novidades no mercado. "A yogoothies tem 15 sabores, enquanto as outras lojas têm, em media, quatro. Em breve, lançaremos a linha supreme, que vai se aproximar da gelateria italiana, mas com os mesmos princípios nutricionais do frozen yogurt, como quantidades de açúcar e gordura mínimas", conta.

Publicidade

Uma das grandes estratégias da Yogoothies é a publicidade. "Nosso departamento de marketing é muito ativo. Iremos fechar o ano com 11 macro campanhas", comenta Rychard.

A marca também investe no universo das mídias sociais como Facebook, Youtube, Blog e Twitter que são alimentados diariamente. "Nossa publicidade vira filme nas televisões de todas as lojas", explica o diretor.

 

 

Perfil do franqueado

Os interessados devem entram em contato por e-mail. Depois disso, serão analisadas as características que permitirão - ou não - a pessoa ser uma franqueada. "Procuramos alguém que tenha um bom trato com as pessoas, disponibilidade de estar no negócio e recurso financeiro próprio", destaca. Quando o assunto é abrir uma nova loja, a marca dá prioridade para os já franqueados. "Hoje, de todos os nossos franqueados oito têm uma segunda loja", afirma Rychard.

A franqueada Dagmar Zega é proprietária de uma loja em Santo André (SP) há um ano. Ela conta que estava procurando negócios que estivessem relacionados ao verão e que, pela sua pesquisa, achou que a rede Yogoothies era a melhor. "Dentro do segmento a melhor opção era essa. Tem mais opções de sabores, topping (recheio que podem ser misturados ao sorvete) e cores chamativas que destacam a loja. Além de tudo, é uma empresa que está crescendo", avalia Dagmar.

Fonte: MDIC