19/11/12 - Conheça cinco estratégias de grandes empresas que podem servir de exemplo para os pequenos negócios

 

Saiba o que a Kibon; Volkswagen, Dídio Pizza, Amor aos Pedaços e Skyscanner estão fazendo para ganhar mercado

Ficar atento ao que as grandes empresas estão promovendo é uma das tarefas de casa do pequeno empresário. As estratégias das companhias podem ajudam o empreendedor a visualizar tendências e traçar um planejamento para sua própria empresa. A Volkswagen, por exemplo, apostou no desenvolvimento de jogos virtuais para estimular a interação com clientes e também funcionários.

A montadora leva em consideração uma série de itens ao desenvolver um game, entre eles: divulgar e explorar os atributos dos modelos da marca, conscientizar os clientes sobre a importância de fazer manutenção do carro e respeitar as leis de trânsito. A Volkswagen também desenvolveu um jogo específico para os funcionários da empresa, o Missão SpaceCross. O colaborador da empresa assume o papel de 'Agente Especial Volkswagen' e encara a concorrência, que tenta impedir o lançamento de um veículo no mercado.

Outra estratégia feita para reforçar a marca foi da Kibon, que inaugurou uma loja conceito em São Paulo, onde os clientes podem escolher os ingredientes e acompanhar a preparação do próprio picolé Magnum. Para os frequentadores mais assíduos foi criado um cartão fidelidade que poderá ser trocado por brindes da marca, como pendrives no formato do picolé.

 

 

Ainda no setor de alimentação, a rede de franquias Dídio Pizza resolveu inovar seu formato de comercialização. Ao invés de esperar pelas encomendas, a empresa, que opera exclusivamente com o sistema delivery, telefona para os clientes e, com antecedência, agenda as entregas para o dia e horário definido. A proposta é casar a ação com a incidência de determinados eventos que, geralmente, mobilizam os clientes, como jogos de futebol, finais de novela e até fechamento de mês dentro de empresa.

A rede de docerias Amor aos Pedaços investiu na embalagem para continuar seu plano de expansão, antes limitado a 300 quilômetros de São Paulo. Na tentativa de expandir sua rede, a Amor aos Pedaços já tentou transferir parte da produção para outros Estados, já teve a ideia de congelar o bolo e até usar embalagem a vácuo. A solução foi embalar a massa do bolo - já assada e pronta para a montagem - em uma espécie de bolsa plástica da qual é retirado todo o oxigênio.

Inspiração. Os empresários Gareth Williams, Bonamy Grimes e Barry Smith fizeram da dificuldade uma oportunidade de ganhar dinheiro. Gareth constatou um difícil e tedioso processo de procura de voos em vários sites de companhias aéreas e agências de viagens.

Com a ajuda dos outros sócios, acharam a solução e resolveram fundar o Skyscanner, uma empresa para ajudar turistas a encontrarem os voos mais baratos e os melhores serviços. O site foi criado em 2001 e o aplicativo, lançado em fevereiro de 2011, alcançou agora 10 milhões de downloads em setembro. O lucro da empresa é proveniente de acordos comerciais com os parceiros, como participação de comissão e banners.

Fonte: PME Estadão