19/09/12 - Concorrência nipônica

 

Depois de a Kirin comprar a Schincariol, agora é a vez da concorrente Suntory. Após anunciar a entrada no País, a segunda maior empresa de bebidas do Japão já avalia a possibilidade de instalar uma fábrica aqui. “As barreiras à importação têm impacto nas vendas”, afirma Fumio Sakurai, presidente da Suntory no México.

Por enquanto, a multinacional fechou contrato de exclusividade com a importadora Tradbras, especializada em bebidas japonesas, para trazer seus licores, uísques e destilados. Mas as chances de que haja uma produção nacional são grandes.

 

Fonte: Revista Isto É Dinheiro