30/08/12 - Lojas em shopping são nova aposta de rede de comida chinesa

 

O grupo Trend Foods, responsável pelas redes de culinária asiática Gendai e China in Box , que tinha o seu foco principal no delivery e nas lojas de rua, aposta na abertura de unidades em shoppings centers para a expansão da rede com as duas unidades da capital paulista e R$ 1,5 milhão com a unidade de Campo Grande.

Para a primeira etapa da expansão da marca nos centros comerciais, o foco são grandes capitais, como São Paulo e Rio de Janeiro. Mas, para as unidades de rua, a rede está aberta a negócios em todo o País. "Onde houver um franqueado querendo investir e disposto a se dedicar integralmente ao China, existe uma possibilidade de negócio", afirma Robinson.

Para as novas unidades, a rede busca franqueados que tenham a rede como seu negócio principal. "Não buscamos investidores, buscamos aquele que quer ter um China in Box como um negócio principal. E queira operar de fato atrás do balcão", declara Robinson. Segundo ele, a maior vantagem para o parceiro é a estrutura que a marca oferece. "É uma rede já estruturada, com logística de distribuição que atende de Manaus a Caxias do Sul", aponta.

Alexandre acredita que o grande desafio é manter a qualidade e o bom atendimento. "Você deve contribuir para que a marca cresça e não deixar a 'peteca cair', ou deixar que você, como franqueado, manche a marca, prestando um serviço ruim", pondera. Para o presidente do grupo, o principal desafio é a disponibilidade e tempo dedicados ao negócio. "O envolvimento familiar é fundamental para o sucesso do negócio, principalmente no início", aconselha.

 

Em 2011, a rede atendeu 8,5 milhões de pedidos. A estimativa para este ano é que o número chegue a 9,5 milhões.

China in Box em números

Setor: alimentação

Resumo do negócio: rede de fast-food de culinária chinesa

Número de unidades: 160

Unidades próprias: 4

Unidades franqueadas: 156

Faturamento médio mensal: R$ 120 mil

Taxa de franquia cobrada : R$ 45 mil

Taxa de royalties: 6%

Taxa de propaganda: 2%

Capital necessário para instalação: R$ 450 mil

Capital de giro : R$ 20 mil

Prazo de retorno estimado: média de 36 meses

Principais concorrentes: redes de culinária asiática em geral

 

Fonte: Terra