23/08/12 - Baladas ficam 2,44% mais caras no ano, revela IBGE

 

Para os baladeiros de Curitiba a alta foi mais intensa, de 18,47%; já em Belém o preço da balada ficou 10,56% mais barata

Baladeiros de plantão estão gastando mais para se divertir esse ano. Isso porque, segundo dados do IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quarta-feira (22), os preços para curtir a noite subiram 2,44% entre janeiro e agosto de 2012.

Quem mora em Curitiba, pagou mais ainda para se divertir neste período. Na cidade os preços das boates e danceterias ficaram 18,47% mais caros. Já no Rio de janeiro o preço das baladas subiram 10,47%.

 

Por outro lado, em Belém, os baladeiros viram os preços caírem 10,56%, no período.

 

Agosto

Em agosto, a inflação para os baladeiros registrou queda de -0,72%. No mês, houve queda nos preços das baladas em Belém (-10,56%), Curitiba (-2,51%), São Paulo (-0,64%) e no Porto Alegre (-0,56%)

Por outro lado, houve alta no Distrito Federal, de 4,71%, Fortaleza, de 3,48%, Rio de Janeiro, de 2,89% e Belo Horizonte, de 0,78%.