27/07/12 - Mercado de cervejas especiais cresce 25% em MG

 

Cervejarias mineiras estão entre as melhores do país e o Estado deve se tornar o maior produtor da bebida do Brasil

Pesquisa realizada pelo Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (Sindicerv) aponta que as cervejas populares registraram um crescimento de 7% a 8% ao ano, enquanto o das cervejas especiais chega a 15%. Em um segmento que não para de crescer em todo o país, Minas Gerais tem conquistado um papel relevante.

As cervejarias mineiras já são reconhecidas entre as melhores do país e, segundo dados do setor, o Estado deve se tornar o maior produtor de cerveja especial do Brasil, ultrapassando, inclusive, a produção das fábricas da região Sul, que são fortemente influenciadas pela cultura dos países europeus.

 

O mercado em Minas Gerais está em franca expansão, principalmente pelo aumento do poder aquisitivo da população. Segundo o Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral do Estado de Minas Gerais (SindBebidas), o setor tem crescido 25% ao ano e o estado ocupa o segundo lugar nacional na produção de cervejas especiais, e possui a maior diversidade de rótulos, pois é vanguarda no lançamento de estilos, como a cerveja de jabuticaba e de pão de queijo.

Segundo o superintendente executivo do SindBebidas, Cristiano Lamego, as cervejas com enfoque gourmet têm tido grande aceitação pelo consumidor de Belo Horizonte. "Pela tradição dos bares, o consumidor da Capital anda sedento por novas cervejas onde a qualidade é a principal característica deste novo produto", ressalta Lamego.

Visando atender a demanda deste mercado, será realizado em Belo Horizonte o primeiro Festival de Cervejas Especiais, o BH Expobier. O evento será entre os dias 3 e 5 de agosto, na Serraria Souza Pinto, e reunirá as principais cervejarias, importadoras, fornecedores, distribuidoras, bares, restaurantes e demais agentes da cadeia produtiva da cerveja.

Além disso, o BH Expobier irá reunir toda a tradição gastronômica mineira e sua importância histórica, só que, desta vez, tendo a cerveja especial como principal destaque. O festival terá ainda exposição de insumos e materiais para a produção da cerveja, cursos e palestras sobre produção artesanal, harmonização e gestão de negócios, buscando abranger todos os setores envolvidos na produção de cerveja.

Para isso, o evento conta com o apoio da Associação de Cervejeiros Artesanais de Minas Gerais (Acerva Mineira), da Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur), que apoia o evento por reconhecer sua capacidade de atração e movimentação turística juntamente com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que irá esclarecer dúvidas e dar palestra sobre os aspectos legais da produção da cerveja.

Potencialidades - A organizadora do evento, Cindra Gomes, da Estrela Brasil Produções e Eventos, percebeu a necessidade do setor e investiu na ideia. "Nos constantes eventos cervejeiros que participava sempre via todos comentando a importância de fomentar o setor, as dificuldades enfrentadas, principalmente pela questão tributária, que corresponde a 60% das despesas das cervejarias.

Minas Gerais está em plena expansão e um evento que apresente o segmento e aborde suas potencialidades era fundamental, além de trazer novidades como o uso do levedo de cachaça na fabricação de cerveja. Estudo realizado por um professor mineiro e que poucos conhecem", ressalta.

Participarão empresas de outros estados e as expectativas são grandes para o evento. "Temos a expectativa de atingir um público diferente do que atendemos hoje e mostrar para este público que existem cervejas de melhor qualidade e que apesar de terem um custo maior são também de melhor qualidade", afirma o diretor do Reduto da Cerveja, Daniel Cosendey.

Para a diretora da Burgman de São Paulo, Edite Bazzo, o BH Expobier será uma grande oportunidade para divulgar a cervejaria e conquistar novos mercados, uma vez que no evento haverá consumidores e revendedores de Minas Gerais e de outros estados do país. "O nosso estande tem 12 metros quadrados e estamos oferecendo produtos para degustação. Temos plena certeza que o Expobier será uma excelente oportunidade para aumentar o nosso leque de clientes", diz.

São esperadas 12 mil pessoas nos três dias de evento dedicados à cultura cervejeira e à divulgação da cultura e da arte com apresentação folclórica dos Sarandeiros, das bandas mineiras Sargent Peppers, Chevete Hatch, do destaque do choro Warley Henrique, do uruguaio William Corbo e Banda, além da presença especial da cantora Aline Calixto.

 

Fonte: Diário do Comércio - MG