24/07/12 - Restaurantes driblam lei da Califórnia que proíbe o foie gras

 

Entrou em vigor neste mês, no estado americano da Califórnia, uma lei proibindo todos os restaurantes e supermercados de vender o foie gras, um dos principais pratos da culinária francesa

O foie gras, expressão francesa que significa “fígado gordo”, é um patê feito com fígado de pato ou ganso, e é fortemente criticado por ativistas e grupos de defesa dos animais. A iguaria francesa é produzida com um método conhecido como “alimentação forçada”, em que a ração do animal é empurrada, por meio de tubos e funis, pela garganta de patos ou gansos para engordar o fígado do animal. O método é considerado cruel por ativistas.

 

A prática já é proibida em alguns países europeus, e a California é o primeiro estado americano a banir o foie gras, irritando não só os franceses como também restaurantes americanos. Pouco mais de uma semana após a lei entrar em vigor, restaurantes californianos já criaram formas de driblar a proibição.

Segundo reportagem da Época, restaurantes e chefs estão se utilizando de brechas na lei. O restaurante Presidio Social Club, localizado em um parque nacional, comercializa a iguaria alegando que está em terras federais, e portanto a lei estadual não funciona. Os restaurantes Hot’s Kitchen e Chez TJ colocaram o foie gras como prato adicional, e não principal, argumentando que a lei só proibe a venda direta, e não a distribuição. Alguns restaurantes colocaram seus chefs à disposição para preparar foie gras trazidos de outros estados por clientes.

A França também pressiona. Representantes dos exportadores franceses prometem uma “guerra comercial”, e ameaçam parar de importar produtos da Califórnia, como o vinho. Por outro lado, uma ONG francesa reuniu pessoas em frente à embaixada americana para comemorar a decisão e protestar contra os países que ainda permitem a alimentação forçada, inclusive a França.

Fonte: Época