24/07/12 - Salinas (MG) recebe certificação de região produtora de cachaça

A região mineira é a segunda no Brasil reconhecida como indicação de procedência de uma cachaça. A primeira foi Paraty, no Rio, em 2007

O Inpi (Instituto Nacional da Propriedade Industrial) decidiu ontem que só pode levar o nome de "Salinas" a cachaça produzida no município de mesmo nome ou em outras cinco cidades do norte de Minas.

O pedido de registro de indicação geográfica foi feito pelos produtores da Salinas. Para eles, somente nessa região todas as etapas artesanais de fabricação da verdadeira Salinas são seguidas.

A região mineira é a segunda no Brasil reconhecida como indicação de procedência de uma cachaça. A primeira foi Paraty, no Rio, em 2007.

 

Também ontem o Inpi decidiu que o algodão naturalmente colorido, chamado de "algodão colorido da Paraíba", é somente aquele feito em Campina Grande e em cidades paraibanas próximas.

O produto foi desenvolvido pela Embrapa Algodão, conhecida como "Paraíba".

Esse tipo de deferimento é raro: só 23 pedidos de indicação geográfica já foram aceitos pelo Inpi.

Fonte: Folha de S. Paulo