Abrasel mostra força política do setor de alimentação fora do lar em evento que reuniu mais de 600 convidados


Solenidade de abertura do 30º Congresso Nacional Abrasel contou com a presença de 600 convidados, entre eles mais de 30 parlamentares. Crédito foto: José Filho


A construção de um Brasil novo, onde o empreender seja cada vez mais simples e as pessoas tenham mais qualidade de vida, foi o tom da abertura do 30º Congresso Nacional Abrasel, que aconteceu na noite desta terça-feira (14), em Brasília, em solenidade que recebeu mais de 600 convidados, entre autoridades políticas, líderes e empresários do setor de alimentação fora do lar vindos de todo o País.

A mesa de solenidade contou com a presença do presidente-executivo da Abrasel e presidente da Unecs, Paulo Solmucci; o presidente do Conselho de Administração da Abrasel, Paulo Nonaka, o líder do Conselho Nacional da Abrasel, Newton Pereira; o ministro do Turismo, Vinícius Lummertz; o deputado federal Efraim Filho (DEM/PB), o deputado federal Herculano Passos (PSD/SP); o secretário de economia criativa do Ministério do Turismo, Douglas Capela; o secretário do Comércio e Serviços do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Douglas Finardi; a presidente do Embratur, Tetê Bezerra, o presidente do Sebrae, Guilherme Afif, o presidente da Abras, João Sanzovo, representando a Unecs; o diretor-executivo do jornal Correio Braziliense, Guilherme Machado e o governador do Distrito Federal Rodrigo Rollemberg.

Em sua fala de abertura, Paulo Solmucci destacou o evento com os candidatos à presidência da República, promovido pela Unecs ao logo do dia. "Fizemos o primeiro diálogo do setor de comércio e serviços e temos razões para ficarmos otimistas", disse para os mais de 30 parlamentares que participaram do jantar.

Segundo Solmucci, importantes questões como o Imposto sobre Valor Agregado (IVA) e a necessidade de reformas política, tributária e previdenciária, mostram que o discurso dos candidatos é unânime, mesmo que cada presidenciável tenha pontos de vista divergentes. “Se nos juntarmos, o país tem solução. É possível sim fazer o Brasil que queremos”.

O presidente da Abrasel e da Unecs terminou sua fala enaltecendo o papel dos micro e pequenos empresários na construção de um novo cenário, mais favorável aos negócios. “São empresas que vivem a vida real, ajudando a construir o Brasil de baixo pra cima. Estamos com as portas voltadas para a rua, convivendo com toda a sociedade”, disse.

Solmucci finalizou sua fala dizendo que o setor irá realizar grandes feitos. “Não tenho dúvidas que vamos fazer algo muito bonito daqui pra frente. O tempo é agora”, finalizou.

Na sequência, o presidente do Sebrae, Guilherme Afif enfatizou a necessidade de união entre líderes políticos e empresariais. “Não existe governo ruim para um povo organizado. Temos que entender a força e a capilaridade do empreendedorismo. São pessoas que trabalham com o Brasil real, que ganham dinheiro pela força do trabalho”, disse.

Chamado por Solmucci de “referência do pensamento liberal no Brasil”, Afif disse que se antes caminhava sozinho, hoje segue ao lado de “uma turma que reverbera aos políticos tudo o que o empreendedor pensa. Cabe a eles encontrarem o caminho da conciliação”.

Afif elogiou o tema do 30º Congresso Abrasel dizendo que a palavra ‘Simples’ o comove e também aproveitou para alfinetar os burocratas. “Nos deixem a gente em paz para podermos trabalhar, gerar empregos e renda”.

O secretário do Comércio e Serviços do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Douglas Finardi, destacou a importância da reforma trabalhista para o ambiente dos negócios no Brasil e disse que hoje é preciso investimento em tecnologia para o setor de serviços. Os deputados Herculano Passos e Efraim filho ressaltaram as conquistas do setor de comércio e serviços no Congresso Nacional. Efraim foi aplaudido quando disse que quem não entende a importância da reforma trabalhista não está preparado para gerir o País. “Antes, quem gerava emprego era visto como o vilão dessa história. Na verdade somos os heróis da resistência”, disse.

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, encerrou os discursos enaltecendo o fato de Brasília receber por mais um ano o Congresso Abrasel e Mesa ao Vivo e salientou o papel do segmento de comércio e serviços para o crescimento da economia brasileira. “Foi um dia bastante produtivo para o setor ouvir propostas dos candidatos à presidência da república. Vale aqui a reflexão de trabalharmos num plano nacional para efetivamente transformar o turismo em uma fonte de renda para o país”, finalizou.

O 30º Congresso Abrasel e Mesa ao Vivo Brasília segue sua programação entre esta quarta e quinta-feira no Centro Universitário IESB com palestras e aulas-show que englobam gestão, estratégia, legislação trabalhista, boas práticas e inovação. O evento é uma realização da Abrasel, Mundo Mesa|Prazeres da Mesa e IESB e tem como patrocinadores Alelo, Ambev, Cielo, Coca-Cola Brasil, Ecolab, Philip Morris, Sodexo, Souza Cruz e Ticket. O apoio é da Fispal Food Service, Pitu e Senac, a parceria é da Unecs e os parceiros de mídia são o jornal Correio Braziliense e das revistas Bares & Restaurantes e Prazeres da Mesa. 

Acompanhe a cobertura do evento em: congressoabrasel.com.br