Atualmente a Capital conta com 568 estabelecimentos, contra os 393 em 2013

Uma infinidade de sabores. Massa fina ou grossa, formato redondo, quadrado ou até mesmo em cone. Não é de hoje que a pizza é uma paixão nacional. Mas nos últimos anos, principalmente por conta da evolução dos aplicativos de delivery, o mercado sofreu alterações significativas, ao ponto de nunca ter feito tanto sentido a máxima de que no Brasil “tudo acaba em pizza”.

Uma prova disso é que o setor não para de crescer. De acordo com dados da Vigilância Sanitária de Curitiba, em 2013 haviam 393 pizzarias na Capital. Cinco anos depois, o número de estabelecimentos na cidade cresceu 44,5%, chegando a 568. E se o setor segue crescendo, isso se deve em grande parte aos serviços de delivery, uma vez que 80% dos pedidos feitos nos estabelecimentos consultados pela reportagem eram para entrega. “É fundamental (o serviço). Hoje, acredito que as pizzarias não sobrevivam sem o delivery, que é também uma forma mais prática de vender”, explica Murilo Pietrochinski, proprietário da Pizzaria Calabria’s, no bairro Boqueirão.

Não é para menos. De acordo com a Abrasel, os serviços de entrega foram dos que mais cresceram nos últimos anos. Dados da Abrasel mostram que o setor fechou 2017 com faturamento acima dos R$ 10 bilhões, sendo que a pizza lidera absoluta com relação ao número de pedidos.

Uma pesquisa encomendada pela PedidosJá junto ao Instituto Ipsos, por exemplo, revelou que a redonda lidera em número de solicitações com ampla folga, respondendo por 57% dos pedidos.  Um outro estudo, feito pelo iFood, apontou cenário parecido. De acordo com o relatório “Revolução Delivery”, as novas formas de se entregar comida “popularizaram de vez o consumo de pizza no Brasil”, sendo que 26% dos pedidos recebidos aos domingos são pizzas. Entre 2012 e 2017 a procura por outros tipos de cozinha foi de mais de 20%, mas ainda assim o estudo concluí que “desbancar a pizza - preferida do Brasil - será difícil.”

Mais: nas duas plataformas, as pizzarias são a maioria. No site do iFood estão cadastradas 281 empresas curitibanas, das quais 65 são pizzarias ou trabalham com pizzas - o equivalente a 23,13% do total. Já no site da Pedidos Já estão listados 126 restaurantes de Curitiba, sendo que 55 desses estabelecimentos (43,7% do total) comercializam a redonda.

Fonte: Bem Paraná