Evento que promove alimentação saudável e valoriza restaurantes de comida a quilo acontece de 11 a 25 de setembro

alt

Presente diariamente na vida de milhões de brasileiros, os restaurantes de comida a quilo são importantes fomentadores de alimentação saudável e qualidade de vida no país. De 11 a 25 de setembro, estabelecimentos do segmento irão participar da segunda edição do concurso O Quilo é Nosso, que irá eleger o melhor restaurante de comida a quilo do país, e também premiar os melhores em cada cidade e estado participante. As inscrições estão abertas e as casas interessadas devem procurar a Abrasel no seu estado ou região.

O evento, que tem como tema “Saudável e original do Brasil”, é promovido pela Abrasel em parceria com a revista Prazeres da Mesa e tem patrocínio nacional da Coca-Cola e Sodexo. Para participar, os estabelecimentos devem elaborar uma receita exclusiva para o concurso. Na primeira fase, nas cidades, o concurso acontecerá por meio de voto popular. Serão avaliados itens como limpeza, qualidade geral do buffet, atendimento, receita e ambiente. Já as fases seguintes, estaduais e nacional, terão a avaliação das receitas feitas por um júri técnico especializado.

“Os estabelecimentos de comida a quilo representam a maior fatia dos restaurantes no Brasil, por isso a importância de um evento como este para coloca-los em evidência”, destaca Lucas Pêgo, diretor de desenvolvimento da Abrasel. Se em 2017, os participantes capricharam na criação dos pratos e mobilizaram sua clientela para a votação – mais de 14 mil pessoas votaram em 23 cidades, o sucesso tende a se repetir, com o evento já consolidado. “Estamos certos que em 2018 o concurso beneficiará o público, com pratos inovadores, cheios de saudabilidade e regionalismo”, complementa.

Pêgo ainda salienta que o conceito de saudabilidade defendido pelo concurso está ligado ao balanceamento e qualidade dos alimentos. “Ingredientes com alto teor de gordura fazem parte da gastronomia brasileira, estão presentes nos buffets a quilo diariamente e podem sim, estarem nos pratos do concurso e serem considerados saudáveis, se consumidos com consciência e moderação”.

A estimativa da Abrasel é que, ao todo, cerca de 200 restaurantes em diversas cidades participem do O Quilo é Nosso. A possibilidade de incremento de vendas, a oportunidade de participar – e vencer – um concurso de abrangência nacional com o respaldo da Abrasel e parceria da Prazeres da Mesa, e também de experimentar novas receitas junto ao público-alvo, são alguns dos benefícios que os empresários ganham. Os vencedores estaduais e nacional serão tema de reportagem na revista Prazeres da Mesa e Bares & Restaurantes. Ao consumidor final, há o benefício oferecido do prato especial durante todo o tempo vigente do concurso, além de promoções desenvolvidas pelos estabelecimentos participantes.

Segundo Thiago Falcão, presidente da Abrasel no Alagoas, a meta no estado é passar das 20 casas participantes. “Queremos engajar os que participaram da última edição e também os novos associados. Ter um festival exclusivo com essa temática é muito importante. Outro ponto importante é enaltecer o fato de que a comida a quilo é uma invenção brasileira, criada por um associado da Abrasel”, diz.

Já para Luciano Bartolomeu, diretor-executivo da Abrasel no Paraná, o concurso é importante para valorizar uma cozinha que consegue ser ao mesmo tempo saudável e democrática. “A evolução da comida a quilo, que há tempos deixou de ser aquela coisa trivial, de arroz, acompanhamento e dois tipos de carne a escolha, possibilitou que uma camada de clientes consumisse pratos cada vez mais elaborados, com preços que cabem no bolso”. Em 2017, mais de 20 estabelecimentos do Paraná participaram do O Quilo é Nosso, número que segundo o diretor deve aumentar esse ano.

O grande vencedor da primeira edição do concurso foi o restaurante Mercato Brazil – Manauara Shopping, de Manaus, com o prato Pirarucu Caboquinho, que levou em sua receita lombo de pirarucu, queijo coalho, polpa de tucumã, farinha Uarini, sal, pimenta e salsinha. “Já estamos pensando no prato que vai nos representar esse ano, mas mais que isso, pensando em como engajar clientes e consumidores do nosso restaurante”, diz Rodrigo Zamperlini, sócio do estabelecimento, que vai buscar o “bi-campeonato”, mas passa a receita do sucesso aos colegas participantes. “A grande graça do concurso é o seu caráter democrático. Um restaurante com 30 anos de tradição tem as mesmas chances de se sagrar campeão que um estabelecimento aberto há dois ou três anos. Basta acreditar, participar seguindo as diretrizes de saudabilidade e transformar uma clientela, que por vezes é até cativa, em público votante”.

Segundo ele, o aumento do faturamento durante os dias do concurso foi de 30% e os frutos de ter sido o primeiro campeão nacional continuarão a ser colhidos por um longo período de tempo. “Como estamos em Manaus, torcemos muito pela rica gastronomia amazônica, mas tenho certeza que todos os participantes irão apresentar inspirados pratos de suas regiões”, finaliza. 

Serviço
O Quilo é Nosso
11 a 25 de setembro de 2018
Informações em www.oquiloenosso.com.br