12/07/12 - Americanos reconhecem a cachaça brasileira

 

Bebida era vendida como 'rum brasileiro'

Após longa campanha dos produtores brasileiros, o governo dos EUA iniciou o processo de reconhecimento da cachaça brasileira, antes vendida como "rum brasileiro", informa o "New York Times".

"Sempre houve piadas de que o rum deveria se chamar 'cachaça caribenha', e não o contrário", afirmou ao jornal Steve Luttmann, fundador da marca Leblon.

"Acho que haverá um grande 'boom' da cachaça", disse Martin Cate, dono de um bar em São Francisco, lembrando que o Brasil está na moda com a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016.

 

Entre as dificuldades citadas para a inserção da cachaça na cultura etílica norte-americana está o fato de ela ainda ser associada exclusivamente à caipirinha.

"Ainda é sazonal", afirmou Luttmann. "Assim como a margarita e o mojito, as vendas aumentam no verão".

Segundo o jornal, isso vem sendo combatido por bares do país, que vêm inventando novas receitas, e pelos produtores, que estão fazendo chegar por lá cachaças envelhecidas e de melhor qualidade.

 

Fonte: Folha de S.Paulo