No encontro, ficou o entendimento de que seria muito difícil a fiscalização, por ser um setor que possui mais de 7.000 estabelecimentos na cidade

alt

A Abrasel no Paraná recebeu nesta semana as vereadoras Julieta Reis (DEM) e Maria Manfron (PP) para uma reunião com seus associados de avaliação do projeto de lei que obriga o assento especial para obesos nos bares e restaurantes em Curitiba. No encontro, ficou o entendimento de que seria muito difícil a fiscalização, por ser um setor que possui mais de 7.000 estabelecimentos na cidade. Sendo assim, a Abrasel no estado sugeriu uma campanha de conscientização para que os bares e restaurantes oferecessem isso como um diferencial. A vereadora Manfron gostou da iniciativa e disse que irá arquivar o projeto de lei.  A Abrasel no Paraná irá apresentar a campanha e as ações a serem feitas para as vereadoras, parabenizando o entendimento colocado pela entidade.

Entenda o caso

A Câmara de Curitiba aprovou em março, um projeto que pretende incluir os restaurantes, bares e estabelecimentos afins na norma que determina a reserva de 3% dos assentos para pessoas obesas.  De iniciativa da vereadora Maria Manfron, a proposição recebeu 23 votos favoráveis e 3 contrários, de Felipe Braga Côrtes (PSD), Paulo Rink (PR) e Professor Euler (PSD). Na época, o autor de um dos votos contrários ao projeto, vereador Braga Côrtes chegou a pedir o adiamento da votação. Para ele, o debate deveria ser ampliado junto às entidades representativas do segmento. 

*Com informações de Bem Paraná