10/07/12 - Classe C é fundamental para pequenos negócios

 

De cada dez pessoas com acesso à internet, no Brasil, seis têm o perfil da nova configuração da classe C. O dado foi apresentado pelo publicitário Renato Meirelles na palestra A relação da nova classe média com as micro e pequenas empresas (MPE). O evento, que integrar a programação do Sebrae Mais no estado, reuniu empreendedores para discutir temas como consumo, comportamento, valores e comunicação com os diferentes perfis de consumidores brasileiros.

O publicitário já conduziu mais de 200 estudos sobre o comportamento do consumidor de baixa renda no Brasil.“Nenhuma empresa cresce hoje, no Brasil, sem conhecer o coração, a mente e o bolso dessa nova classe média”, afirmou Meirelles. Segundo ele, são pessoas com grau de escolaridade maior que o de seus pais, mais otimistas que os integrantes das demais classes sociais.

“Nos últimos oito anos, 40 milhões de brasileiros ingressaram na classe C. É por isso que precisamos estudar esse público com maior dedicação”, afirmou o diretor-técnico do Sebrae em Pernambuco, Aloísio Ferraz.

Segundo Renato Meirelles, que proferiu a palestra na quinta-feira (5), essa massa populacional que compõe a nova classe média foi a responsável por consumir mais R$ 1 trilhão no ano passado – somente a população negra consome o equivalente a R$ 673 bilhões ao ano. Meirelles alerta os empresários ainda que a população com renda crescente também pode consumir produtos do tipo premium. Em termos comparativos, a classe C responde por R$ 44,00 de cada R$ 100,00, mais que a soma das classes A e B juntas.

Fonte: Exame.com