28/06/12 - Ibravin e Abrasel estreitam relação entre gastronomia e os vinhos brasileiros

 

O Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) estão cada vez mais próximos. Na sexta e no sábado (dias 22 e 23), os dirigentes da Abrasel, 45 donos de restaurantes de todo o Brasil, conheceram e degustaram produtos de cinco vinícolas: Casa Valduga, Dal Pizzol, Don Guerino, Perini e Miolo. O jantar de encerramento do Projeto Imagem realizado nas vinícolas da Serra Gaúcha pelo Ibravin ocorreu no Hotel e Spa do Vinho Caudalie, em Bento Gonçalves (RS). “Foi um sucesso. O interesse pelos rótulos do Brasil é cada vez maior, especialmente nos restaurantes que estão se preparando para a Copa do Mundo e as Olimpíadas”, ressaltou o gerente de Marketing do Ibravin, Diego Bertolini.

Na semana passada, de 19 a 21, 23 vinícolas brasileiras participaram do Encontro da Abrasel em Gramado: Antônio Dias, Aurora, Camponogara, Casa Valduga, Dal Pizzol Don Guerino, Din Giovanni, Dunamis, Jolimont, Larentis, Luiz Argenta, Miolo, Nova Aliança, Pericó, Perini, Peterlongo, Pizzato, Routhier & Derricarrère, Salton, Santa Augusta, Vallontano e Villa Francioni. O sommelier contratado pelo Ibravin, Arlindo Menoncin, promoveu diversas palestras sobre os vinhos brasileiros.

O evento, que reuniu 1.500 participantes, colocou em pauta questões políticas, como o repasse de gorjeta, mão de obra qualificada e trabalho eventual, presente na maioria dos países, especialmente na Europa e América do Norte. Já na noite de abertura, o tema girou em torno da capacidade de geração de empregos que o setor oferece, comparável somente ao setor de construção civil no país. “Temos a obrigação de apontar ferramentas de gestão e treinamento na arte de bem servir”, declarou a presidente da Abrasel RS, Fernanda Etchepare, explicando em seu discurso a importância de um setor que gera mais de um milhão de empregos no país.

Para o presidente executivo nacional da entidade, Paulo Solmucci, a gastronomia é um diferencial competitivo para o turismo de várias regiões do Brasil. Mas, segundo ele, só poderá crescer mais quando o próprio segmento der importância a qualidade no atendimento que, de acordo com ele, vai melhorar se os jovens da classe média trabalharem no setor e aplicarem seus conhecimentos. “Temos que trazer esse tema a roda de discussão”, frisou.

A Abrasel também tem sido parceira do Ibravin na realização este ano do Circuito Brasileiro de Degustação, que no primeiro semestre do ano chegou a Curitiba, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Em setembro, o Circuito será realizado em Porto Alegre (13/09), São Paulo (17/09), Recife (19/09) e Fortaleza (20/09). “Graças ao apoio da Abrasel tivemos a presença em peso de donos de restaurantes e de profissionais da gastronomia nos circuitos promovidos no Rio, Curitiba e BH”, observou Bertolini.

 

O presidente do Conselho de Administração Nacional da Abrasel, Pedro Hoffmann, disse que a entidade e o Ibravin trabalham em um projeto para capacitar profissionais de bares e restaurantes das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2012 no Brasil. A proposta agora será apresentada ao Sebrae. Se aprovada, a parceria permitirá que garçons e sommeliers dos principais bares e restaurantes do Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Curitiba, Salvador, Recife, Natal, Fortaleza, Manaus e Cuiabá sejam treinados com foco nos vinhos brasileiros. “Com esta união vamos atender ainda melhor os nossos clientes, tanto os turistas como os próprios brasileiros”, disse Hoffmann. “O turista que vier ao Brasil vai procurar preferencialmente a culinária e as bebidas daqui. Por isso precisamos estar bem preparados”, afirmou.

No próximo ano, Ibravin e Abrasel pretendem promover uma promoção inédita no evento Brasil Sabor, que valoriza a culinária brasileira. “A proposta é dar um vinho brasileiro a cada cliente que comprar no restaurante um rótulo verde-amarelo durante os 30 dias de realização do Brasil Sabor”, revelou o gerente de Marketing do Ibravin. “A qualidade do vinho brasileiro é percebida por todos que degustam nossos rótulos. Esta promoção incentiva os consumidores a conhecerem mais os vinhos brasileiros”, completou.

 

Fonte: Sul 21 
Com informações da Ibravin