Oitava edição do festival reúne 17 restaurantes, menus especiais e descontos para o público


Principal cartão-postal de BH e reconhecida pela Unesco como patrimônio mundial da humanidade, a Pampulha ganhou mais um atrativo. Até novembro, 17 restaurantes da região participam da oitava edição do circuito gastronômico inspirado no complexo arquitetônico criado por Oscar Niemeyer. Popularizar o acesso à gastronomia oferecida na Pampulha é um dos principais objetivos do festival. Por meio do site oficial e do aplicativo para smartphones, o público pode baixar cupons de descontos válidos em dias e horários estipulados pelos restaurantes.

Mediante apresentação do voucher, cada pedida dá direito a um prato gratuito para o acompanhante, que poderá escolher entre a opção principal, especialmente criada para o Circuito, e a segunda alternativa, ambas designadas pelo chef. A cada valor cobrado, R$ 2 serão doados para o movimento Somos Pampulha, que promove ações de educação ambiental e revitalização daquela região.

Realizado desde 2010, o Circuito sempre associa a gastronomia a um bem cultural mineiro. Desta vez, o Modernismo servirá de inspiração. “Os chefs elaboram pratos a partir dessa temática, o que pode se manifestar de diversas formas – dos ingredientes à concepção estética”, explica Flavia Botelho, que integra a organização do evento. A ideia é elogiada por Flavio Trombino, chef do Restaurante Xapuri. “A tematização das edições resultou no capricho maior na concepção dos pratos, o que se reflete no aumento do interesse por parte dos clientes”, afirma. “O eixo gastronômico da capital é muito segmentado entre a Savassi e Lourdes. O Circuito valoriza os restaurantes da região da Pampulha, atraindo público também para nossos museus, parques e passeios noturnos, além do zoológico”, reforça o chef.


Eleito restaurante de destaque no ano passado, o Xapuri apresenta de terça-feira a sábado, no jantar, o prato Cerrado modernista, composto por miolo de alcatra serenada em cama de farofa de baru, musseline de moranga cabotiá, azeite de coentro com pimenta dedo-de-moça e batata-doce gratinada com mel de engenho (R$ 59). Trata-se da adaptação de Saudade do cerrado, presente no cardápio da casa há três anos. “A releitura faz alusão a um dos princípios básicos do Modernismo: unir novos elementos a expressões culturais já existentes”, ressalta Trombino. O Filé à cubana também ganhou toques especiais para participar do Circuito.

A Taberna Livorno oferece o Nhoque à Tarsila, homenagem à pintora paulista Tarsila do Amaral. Assim como as obras da artista, o prato mescla referências europeias a uma pedida bem brasileira: o nhoque de banana-da-terra é acompanhado de acém cozido no vinho (R$ 51). Pode-se conferir essa pedida de terça a quinta-feira à noite. Nhoque também é a atração do italiano Anella Ristorante. Homenagem a Milão – definida pelo chef Paolo Peluso como autêntica cidade modernista –, o Gnocchi alla milano é servido nas noites de terça a quinta-feira. O nhoque de batata chega à mesa com fonduta de queijo parmesão e carne ao molho à bolonhesa concentrado e picante (R$ 66).

TRADIÇÃO


O Paladino apresenta o prato Olho na truta (R$ 66), que homenageia a estética do Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba. A truta defumada, servida ao creme de castanhas com purê de banana e cenourinhas, é oferecida no jantar, de quarta-feira a sábado.

No jantar de terça a quinta-feira, no La Palma, é a vez de Manuel Bandeira. O prato Vou-me embora pro La Palma remete ao famoso poema Vou-me embora pra Pasárgada. A pedida traz massa filo recheada com black angus e acompanhada de tortinha de batata, cenoura e brócolis (R$ 61). Por sua vez, o restaurante Olegário aposta no Steak savouai: bife ancho regado com molho de vinho, creme de baroa defumada e farofa crocante de cebola (R$ 69). Servido no almoço de quinta-feira a domingo e no jantar de terça a quinta-feira e de domingo, o prato une o “uai” mineiro à modernista Villa Savoye, casa francesa projetada por Le Corbusier.


Confira mais informações no site: www.circuitogastropampulha.com.br

Fonte: Portal UAI