31/05/2017 - Setor de Comércio e Serviços se manifesta sobre cenário político e econômico nacional

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

As sete entidades defendem as reformas para modernizar o País

 

 

A União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (UNECS), grupo formado por sete das maiores entidades brasileiras de livre adesão do setor de Comércio e Serviços, defende os avanços da modernização trabalhista, tributária e previdenciária, no Congresso Nacional, mesmo diante do atual momento político que enfrenta o País.

Para as entidades, que representam 15% do PIB brasileiro, as medidas são extremamente necessárias para a retomada do crescimento e a geração empregos. A UNECS acredita que o Congresso Nacional tem o poder para encontrar as soluções que o Brasil precisa e está à disposição para auxiliar na construção de caminhos melhores para o país.

 

Sobre a UNECS:

Criada em 2014, a UNECS é formada por sete das maiores entidades brasileiras representativas da área do comércio e serviços: Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), Associação Brasileira de Lojistas de Shopping (Alshop), Associação Brasileira de Supermercados (Abras), Confederação Nacional de Dirigentes e Lojistas (CNDL) e Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB). A União das entidades representa a voz organizada do setor de comércio e serviços com mais de 15% do PIB brasileiro, 21% dos empregos formais do País e 83,7% das vendas de alimentos e bebida. Juntas, as entidades faturam R$ 885,9 bilhões, respondem por 65% das transações de cartões de crédito e débito. A principal motivação da união é buscar, junto ao poder público, priorizar temas centrais para agenda de progresso e crescimento.