19/04/2017 - Qualidade da água é fator importante no sucesso de restaurantes

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

A água para consumo humano e o padrão de potabilidade são determinados pela Portaria 2.914/2011 do Ministério da Saúde

 

 

Uma das bebidas mais consumidas no Brasil, o café é 98,7% composto por água e qualquer alteração pode afetar diretamente seu sabor e qualidade. Já pensou em um beber um café feito com água de má qualidade? Em casa, esse já seria um grande problema e em um estabelecimento comercial que depende da qualidade da água para oferecer bons serviços aos seus consumidores? Restaurantes, bares, padarias e lanchonetes, assim como outras empresas que atuam no ramo alimentício, devem seguir uma série de normas e exigências que normatizam a qualidade da água, garantindo que apenas água potável seja utilizada na manipulação e no preparo dos alimentos e bebidas.

altUm café, suco ou chá saboroso, com certeza será uma atração para seus clientes. Normalmente, os estabelecimentos investem nos melhores produtos para a composição do seu cardápio, grãos de café, folhas e frutas especiais e esquece da matéria prima mais utilizada na preparação, a água. O que acontece? O resultado não é o esperado e pode prejudicar tanto a empresa como os clientes. Produtos químicos em alta concentração, cloro, acidez ou outros agentes podem causar alterações no preparo de bebidas, modificando o sabor, odor e aparência. É de extrema importância que a água seja filtrada para qualquer atividade relacionada a alimentos e bebidas na cozinha, até mesmo o gelo. Já pensou estragar uma bebida caríssima, pois o gelo foi feito com água contaminada?

A água para consumo humano e o padrão de potabilidade são determinados pela Portaria 2.914/2011 do Ministério da Saúde. Cada estabelecimento deve possuir seu Procedimento Operacional Padronizado (POP), documento que normatiza e estabelece as regras para o manejo e produção de alimentos. Nas instruções do POP deve conter cada etapa dos processos que envolvem água, afim de manter a qualidade dos alimentos para consumo. Todos detalhes devem estar presentes, por exemplo, se o restaurante usa filtro ou purificador de água , quantas vezes este é limpo? Qual a frequência de manutenção? Diversos tipos de microrganismos se proliferam na água, por isto a Vigilância Sanitária solicita análises frequentes da água.

Uma boa solução para manter a qualidade da água em seu comércio é optar por equipamentos de purificação de qualidade.

 

Fonte: Terra