Brasil avança no ranking de Competitividade em turismo do Fórum Econômico Mundial

País ocupa 27º lugar em uma lista com 136 nações, uma posição acima do último relatório, e mantém a liderança na América do Sul


O Fórum Econômico Mundial acaba de divulgar o Ranking de Competitividade de Viagens e Turismo, um estudo que analisa 14 dimensões do turismo e compara 136 países. De acordo com o levantamento, o Brasil aparece na 27º colocação, sendo o primeiro da América do Sul na lista e o primeiro do mundo no quesito recursos naturais. Em relação ao último relatório divulgado em 2015, o país subiu uma posição no ranking geral. Leia o estudo completo aqui.

“Os investimentos realizados no país para o ciclo de megaeventos - Copa das Confederações, Copa do Mundo e Jogos Olímpicos – foram decisivos para o país pular da 51º em 2013 para a 27º em apenas quatro anos. Avançamos muito no período, mas ainda há muito a ser feito. Vamos trabalhar pontualmente em cada uma dessas dimensões para colocar o Brasil em uma posição ainda mais competitiva no setor de viagens”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Além de manter a liderança em recursos naturais, o Brasil manteve 8º lugar na dimensão cultural e melhorou em itens como infraestrutura para atendimento ao turista, preços e portos. Em quesitos como ambiente de negócios, priorização do governo ao turismo, recursos humanos, abertura internacional e segurança, o país recuou, conforme detalhado gráfico abaixo.

 

Dimensão

Ranking 2015

Ranking 2017

Ambiente de Negócios

126

129

Segurança

104

106

Saúde e Higiene

66

70

Recursos Humanos

66

93

Tecnologia

57

63

Priorização do setor de Viagens e Turismo

101

106

Abertura internacional

91

96

Competitividade de preço

81

41

Sustentabilidade

86

66

Infraestrutura aeroportuária

41

40

Infraestrutura de portos e solo

130

112

Infraestrutura para atendimento ao turista

51

39

Recursos naturais

1

1

Recursos culturais

8

8