21/10/2016 - Famosa avenida de Curitiba de consolida como polo gastronômico

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Localizada na região central da capital, a Avenida Vicente Machado chama a atenção pelo seus sabores

 

 

Comer em pé dividindo um pequeno espaço na calçada com outras dezenas de pessoas é um conceito que vem atraindo inúmeros jovens em Curitiba. Popularizada pelas feiras gastronômicas e food trucks, a ideia de consumir alimentos rápidos na rua, tem ganhado cada vez mais força na capital paranaense, tendo um de seus principais pontos na Avenida Vicente Machado, no bairro Batel, coração da capital curitibana.

 

 

Nos últimos anos, diversos empreendimentos se instalaram na região oferecendo um mesmo padrão de negócio: restaurante de rua. As casas apostam em espaços pequenos com pouco ou nenhum lugar para sentar, focados em oferecer um cardápio de qualidade a preço acessível e geralmente acompanhado de chopes e cervejas artesanais. As opções passam, por exemplo, por sanduíches, pizzas, espetinhos, laméns, batatas e comida mexicana, sendo possível encontrar ótimas alternativas a partir de R$10. Além disso, a rua é tomada, também, por festas especiais, como a já tradicional Vicentina.

“A rua pede praticidade, rapidez e custo baixo”, afirma o chef Rodrigo Martins, proprietário da The Meatpack House, empreendimento especializado em pão com linguiça artesanal. A casa é uma das mais movimentadas da Avenida Vicente Machado. “Começamos oferecendo diferentes versões do tradicional pão com linguiça, e logo percebemos que que havia espaço para mais possibilidades. Notamos a demanda por refeições mais simples e menores, e hoje servimos, entre outros, pão com bolinho, cones de bolinho de carne e de batata, além de muitas opções de chopes artesanais”, comenta Rodrigo Martins.

A mescla de comidas de boteco e cervejas atrai uma multidão que deixa a Avenida quase intransitável após as 19h, transformando-a em um grande happy hour a céu aberto. A falta de conforto, que para algumas pessoas seria um problema, dá espaço para o clima descontraído e a interação entre os públicos dos diferentes estabelecimentos, colocando a Avenida Vicente Machado no roteiro da cena gastronômica curitibana. “A Vicente Machado é um belo exemplo da mudança do perfil dos curitibanos, que hoje buscam ocupar as ruas, onde podem interagir com os mais variados públicos e, principalmente, aproveitar opções gastronômicas de altíssima qualidade”, detalha Luciano Bartolomeu, diretor executivo da Associação Brasileira de Bares e Resturantes (Abrasel) no Paraná.

A tendência é que o modelo de gastronomia na calçada cresça ainda mais, como já acontece em diversas cidades da Europa e Estados Unidos. Para Daniel Mocelin, sócio fundador da Whatafuck, hamburgueria artesanal instalada na Vicente Machado, o sucesso do conceito se dá pela liberdade proporcionada pela rua. “Os clientes têm a autonomia de ir e vir. Eles interagem entre si e podem, por exemplo, comprar a comida de um lugar e a bebida de outro, não precisam ficar presos em um ambiente fechado. Hoje, vemos essas pessoas ocupando democraticamente um espaço que sempre foi deles”, completa Daniel.

 

Fonte: Segs