25/05/12 - Brasil quer ampliar mercado no exterior

 

Reconhecimento da bebida pelos EUA abre novo ciclo comercial para o produto nacional

Apesar da relevância em volume e qualidade do produto brasileiro, as exportações da cachaça para os Estados Unidos, que constituem o maior mercado consumidor de bebidas do mundo, ainda são tímidas, na casa dos US$ 1,8 milhão de dólares. Esse cenário tem tudo para começar a ser revertido após o recente reconhecimento, por parte dos Estados Unidos, da cachaça como um produto exclusivo e genuinamente brasileiro, o que abre um novo ciclo comercial para a bebida nacional naquele país, para quem os brasileiros poderão ampliar os volumes exportados.

"Esse reconhecimento poderá ser ampliado, inclusive, para todas as aduanas do mundo, ou seja, globalmente", explica José Lúcio Mendes, presidente do Centro Brasileiro de Referência da Cachaça (CBRC) e diretor de Marketing da Expocachaça, maior feira do setor no Brasil. "Com esse processo, cria-se, entre outros, uma barreira que impedirá que outros países comercializem produtos a partir da cana-de-açúcar com a denominação de origem cachaça, genuína do Brasil, como ocorre atualmente", enfatiza.

A 20ª Expocachaça, na programação da Superagro Minas 2012, se destaca como a principal feira do setor no Brasil e fórum para discussões dos novos cenários para a bebida. Com patrocínio do Sebrae Nacional, a feira apresenta um variado leque de marcas da bebida por parte de produtores, associações e cooperativas.

A feira apresenta também insumos para a cadeia produtiva da produção à comercialização do destilado, como barris, máquinas para engarrafamento, destilarias, dornas, alambiques, equipamentos para produção de cerveja, de açúcar mascavo e rapadura, caldeiras, resfriadores, pré-aquecedores, engenhos, garrafarias, tampas e máquinas para rótulos. Durante o evento, uma destilaria vai funcionar demonstrando para o público o processo de produção de cachaça, álcool e açúcar mascavo para o público.

Entre as novidades deste ano, a feira terá o evento BrasilBier, com cervejas brasileiras especiais, para ressaltar a importância das microcervejarias em âmbito regional e nacional. As pequenas e microcervejarias representam cerca de 4,5% do setor de cervejas no Brasil, que produz na sua totalidade cerca 10 bilhões e 600 milhões de litros/ano.

Mercado - O Brasil produz cerca de 1,5 bilhão de litros de cachaça por ano. A cachaça é hoje o terceiro destilado mais consumido no mundo e, no Brasil, possuiá 87% do market share do mercado de destilados. O agronegócio da cachaça movimenta anualmente, em toda a sua cadeia produtiva, cerca de R$ 7 bilhões.  um mercado que conta com aproximadamente 40 mil produtores, composto na sua quase totalidade (98%) por pequenos e micro empresários. Além disso, emprega cerca de 600 mil pessoas na entressafra agrícola, quando o campo começa a desempregar. Minas Gerais produz cerca de 260 milhões de litros/ano de cachaça de alambique, ou artesanal, o que lhe confere a liderança com 60% da produção nacional nesse segmento. O setor emprega em Minas cerca de 120 mil pessoas.

 

A Expocachaça é uma realização da Cachaças do Brasil e do CBRC-Centro Brasileiro de Referência da Cachaça e integra a programação da Superagro 2012. Será realizada no Expominas, de 7 a 10 de junho.

Fonte: Diário do Comércio - MG