13/10/2016 - Restaurantes do Acre lançam apps para facilitar delivery e fidelizar clientes

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Consultor afirma que procura por aplicativos aumentou em 2016

 

O mercado de aplicativos vem crescendo e empresas de Rio Branco têm investido nesse setor em busca de atrair os clientes e facilitar o atendimento. Em quatro meses, quase mil pessoas já baixaram o aplicativo do restaurante em que Fábio Matheus Cunha é gerente. Ele afirma que a empresa investiu R$ 5 mil para a criação da ferramenta de venda no delivery.

"Estávamos pesquisando muito sobre a área de alimentação e nos deparamos com um artigo sobre delivery que citava sobre estabelecimentos que haviam implantado. Entramos em contato para estudar a possibilidade e definimos que seria uma boa opção, pois assim nos manteríamos mais próximos de nossos clientes", afirma Cunha.

Ao menos 65% dos pedidos feitos no restaurante são realizados através do aplicativo, segundo o gerente.

Para usar a ferramenta, Cunha diz que é simples. O cliente faz o download, se cadastra uma vez, faz o pedido e seleciona uma forma de pagamento. Após a confirmação do pedido e envio, o cliente recebe um aviso pelo aplicativo.

A empresária Denise Borges afirma que quase 700 pessoas já baixaram o aplicativo do seu restaurante. Segundo ela, foi investido o valor de R$ 4 mil para a criação da nova ferramenta de venda que está ativada há três meses, desde que o estabelecimento começou a fazer entrega.

Denise conta que foi uma das primeiras a utilizar uma plataforma própria na internet para a venda de comida no sistema delivery e que a iniciativa tem dado certo. Ela afirma que ao menos 60% dos pedidos são feitos pelo aplicativo que tem um formato simples para que o cliente monte seu prato sem sair de casa. “Gosto muito de novidades, de estar antenada e fazer diferente. Depois que nós começamos a usar o aplicativo, vários outros estabelecimentos já começaram a tentar fazer também e usar essa ferramenta. Gosto de andar na frente e de levar novidades para Rio Branco. É um alto investimento, principalmente nesse momento de crise, mas tem dado muito certo. O aplicativo é muito prático e favoreceu as vendas. Foi um badalo na cidade”, afirma a empresária.

 

Consultor de tecnologia diz que procura por aplicativos aumentou

A procura pelo serviço de criação de aplicativos na empresa do consultor de tecnologia Thiago Cabral aumentou mais de 50% no primeiro semestre de 2016 em relação ao mesmo período no ano anterior. Segundo ele, os empresários, principalmente do comércio, estão cada vez mais interessados pela nova ferramenta de venda. “Nos seis primeiros meses do ano passado, fizemos quatro aplicativos e este ano já foram feitos nove somente para empresas. Esses investimentos que os empresários estão fazendo são de suma importância. As pessoas não querem perder tempo, querem agilidade”, afirma o consultor.

Cabral diz que para ter um bom aplicativo, o empresário precisa pensar em oferecer um serviço além da venda. De acordo com o consultor, é preciso ter no aplicativo uma forma de interagir com o cliente. Ele afirma que os aplicativos têm ciclo de vida no mercado e que, portanto, precisa estar sempre buscando uma forma de ser útil para o usuário. “As pessoas têm procurado bastante por essas ferramentas. Primeiro por uma questão de segurança e depois por conta da comodidade. Se você pode receber sua comida em casa, não tem necessidade de sair. Mas, não adianta a pessoa só pedir comida pelo aplicativo. É preciso interagir com o cliente. Perguntar como foi a entrega, se a comida estava boa, é uma forma de conexão com o cliente”, explica Cabral.

Fonte: G1 - Acre