01/08/2016 - Sebrae promove o Circuito Estadual de Capacitação no Rio de Janeiro

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

A iniciativa faz parte do Programa Sebrae na Mesa, que tem o objetivo de apoiar o desenvolvimento do setor de Alimentação Fora do Lar

 

 

Divulgar aos empresários do ramo de alimentação a importância do investimento em ações de inovação e tecnologia, fortalecer os polos gastronômicos da região, aumentar a competitividade no mercado e agregar valor aos produtos. Essas são as principais propostas do Circuito Estadual de Capacitação, que será promovido pela Regional Serrana I do Sebrae-RJ, entre os próximos dias 1º e 4 de agosto, em Nova Friburgo. A iniciativa faz parte do programa “Sebrae na Mesa” e está com inscrições abertas. As vagas são limitadas.

O encontro é destinado aos micro e pequenos empresários que atuam no ramo de alimentação fora do lar e abordará temas ligados ao setor. De acordo com a analista do Sebrae, Juliana Noronha, é uma boa oportunidade para quem pretende aprimorar seu negócio. “Realizaremos diversas oficinas e palestras ao longo da semana e todas essas atividades serão voltadas para restaurantes, pizzarias, padarias, hotéis, lanchonetes, bares e food trucks”, afirma.

A programação do Circuito Estadual de Capacitação terá como temas principais: “Como montar um food truck”, “Apresentação de pratos”, “Como elaborar cardápios diversos” e “Como reduzir o desperdício de alimentos no serviço de alimentação”. As ações serão realizadas na unidade do Sebrae-RJ em Nova Friburgo, na Rua Fernando Bizzoto, 72, Centro. A sala da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Nova Friburgo (Acianf), no distrito de Lumiar (Rua Sete de Setembro, 126, loja 1b), também terá uma etapa do encontro. Mais informações e inscrições pelo telefone: (22) 2523-6908.

Vale destacar que o ‘Sebrae na Mesa’ é um programa que tem como objetivo apoiar o desenvolvimento das empresas do setor de alimentação fora do lar em todo o estado do Rio, oferecendo soluções estratégicas para o crescimento dos negócios.

 

Fonte: A Voz da Serra