12/07/2016 - Programa "Sebrae na Mesa" lança o Pólo Vassouras (RJ) Patrimônio e Gastronomia

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

O Pólo tem o município como referência de patrimônio, desenvolvendo uma gastronomia baseada em produtos regionais

 

 

Os apreciadores da boa mesa devem ficar atentos ao município de Vassouras, no Rio de Janeiro, que lança amanhã, dia 13 de julho, o Pólo Vassouras Patrimônio e Gastronomia. O núcleo conta até então com 16 empresários de médios e pequenos negócios do setor de alimentação fora do lar e tem como missão a descoberta e implantação de uma identidade gastronômica local. O lançamento acontecerá a partir das 19h30, no Casario Shopping.

A iniciativa deve-se ao programa “Sebrae na Mesa”, realizado pelo Sebrae no Rio de Janeiro, voltado ao desenvolvimento de soluções empresariais para o segmento com foco no aprimoramento da capacidade produtiva, comercial e promocional.

Com consultoria de Flavio Gueiros o grupo teve reuniões quinzenais por seis meses, que abordaram temas como sustentabilidade, capacitação, segurança alimentar, mercado, feiras e eventos e comunicação e marketing. Também fez parte do processo a construção de uma modelagem de negócios e definição de eixos estratégicos de atuação, sendo essas etapas cruciais para o sucesso do Pólo.

Entre os participantes estão restaurantes, pousadas, hotéis, agências de turismo e demais fornecedores. Os resultados esperados estão alinhados: maior lucratividade, visibilidade e representatividade perante o poder público.

A curto prazo o objetivo do grupo é apresentar suas ações e atrair novas parcerias, o que é fundamental sua para manutenção. Segundo Flavio Gueiros, “Sem parceria o mundo negocial não sobrevive, são elas que irão suprir as necessidades de recursos físicos, intelectuais e financeiros de um negócio. E a parceria é benéfica para os dois lados, já que  em troca pode-se oferecer inúmeros auxílios como apoio mútuo, acesso a rede de contato e ampliação do conhecimento, entre outros.”.

A cidade, localizada no centro da região Vale do Café, a 120 km do Rio de Janeiro, reúne influência dos diversos povos que ali viveram: os índios, os tropeiros, os europeus e os africanos e que se manifestam dispersas na cultura e gastronomia de toda a região. O café marcou a história da cidade, conhecida como “Princesinha do Café”, que chegou a ser o centro da economia no século XIX e se destaca pelos prédios de época e fazendas históricas preservadas.

E são justamente esses monumentos, capazes de recontar a história e  possibilitar o retorno ao período imperial, que a tornam especial e vem destacando-a como destino turístico cada vez mais procurado. O objetivo do Pólo parte desse ponto, tendo o município como referência de patrimônio e assim desenvolver uma gastronomia baseada em produtos regionais, que permite a degustação em um cenário  que revive o mais áureos tempos do ciclo do café.

 

Fonte: Jornal Turismo e Eventos