07/07/2016 - Festival de Caranguejo acontece entre os dias 3 e 14 de agosto, em Aracaju

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Serão três dias de evento na Arena Gastronômica e o restante em toda a cidade

 

 

Entre os dias 3 e 14 de agosto, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes - Seccional Sergipe (Abrasel), a Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo (Semict) e o Sebrae realizam a segunda edição do Festival do Caranguejo. A iguaria regional que encanta nativos e visitantes será o ingrediente principal de pratos especiais servidos em dezenas de restaurantes de Aracaju.

O evento foi pensado em 2013 e ganhou forma com a sua realização em 2015. Para o presidente da Abrasel em Sergipe, Augusto Carvalho, o Festival de Caranguejo tornou-se realidade graças a uma somação de esforços e, com a realização pelo segundo ano consecutivo, a esperança é que o evento cresca e se torne referência. "Queremos um festival forte com o maior número de estabelecimentos participando. O caranguejo é famoso no nosso estado e somos referência fora dele, por isso fazer um evento como esse é bom para uma divulgação dentro de Sergipe e fora do estado", diz Augusto, que foi um dos idealizadores do festival.

A parceria na realização inclui a Prefeitura de Aracaju e o Sebrae. Para o superintendente da instituição em Sergipe, Emanoel Sobral, trata-se de uma excelente oportunidade para o fortalecimento da culinária e do turismo. “O Festival é uma excelente oportunidade para promover a culinária e o turismo gastronômico em nossa capital. Ficamos muito felizes com os resultados obtidos na primeira edição e acreditamos que esse ano o sucesso será ainda maior”, ressalta o superintendente do Sebrae Sergipe.

Na primeira edição do evento foram envolvidos estabelecimentos de todos os cantos da cidade, fugindo à ideia inicial que era deixar apenas na região da Passarela do Caranguejo. Foram mais de 40 bares e restaurantes de toda Aracaju com pratos especiais com preços promocionais. A data escolhida foi o feriado de 7 de setembro. “A ideia era aproveitar os turistas na cidade e já divulgar o evento. Fizemos uma abertura que contou com mil convidados e nos dias seguintes o festival invadiu a cidade. Todos que participaram gostaram muito. Acreditamos que com as inovações deste ano, teremos um festival ainda melhor”, afirma Augusto Carvalho.

De acordo com o consultor técnico da Semict, Fabio Andrade, o ponto principal da segunda edição é a arena gastronômica. “Vamos para mais uma edição deste evento que foi sucesso em 2015. Para inovar, vamos montar a arena gastronômica que terá a participação dos restaurantes que fazem parte do festival trazendo pratos especiais, com porções menores, e preços sugestivos. Serão três dias na arena e o restante em toda a cidade. Vamos trazer não só a gastronomia para o local, queremos a cultura local”, explica o consultor.

 

Fonte: Infonet. Com informações da Abrasel em Sergipe.