07/06/2016 - Bares e restaurantes de Uberlândia (MG) oferecem parcelamento da conta

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

A compra parcelada já faz parte da cultura de grande parte dos brasileiros em outros setores de consumo

 

Alguns bares e restaurantes de Uberlândia têm oferecido, desde o início deste ano, a opção de parcelamento das contas para conseguir atrair e fidelizar clientes. Em diferentes estabelecimentos, as possibilidades incluem dividir de duas a até cinco vezes a quantia consumida. O principal perfil de quem opta pelo pagamento fragmentado, segundo os empresários do setor, são grandes grupos, que utilizam o espaço para promover confraternizações de empresas e familiares.

 

 

Um restaurante no bairro Santa Mônica, na zona leste da cidade, implementou a nova possibilidade de cobrança há, aproximadamente, três meses, com o objetivo de alavancar o movimento no meio de semana. A iniciativa gerou um crescimento na procura em 10%. Devido ao sucesso da iniciativa, Douglas Garcia, proprietário do estabelecimento, estendeu a opção para os fins de semana. “É interessante porque é um atrativo para os clientes. Com essa oportunidade, não aperta tanto o cartão de crédito, pode pagar mais suave, como acontece em outros setores”, afirmou.

Garcia afirmou que a própria demanda dos clientes motivou a ideia. Pelo resultado positivo, a nova forma de pagamento, que surgiu com caráter provisório, foi ampliada para tempo indeterminado. Todas as contas, independentemente dos valores, podem ser parceladas em duas vezes. “Mas os que mais parcelam são em contas acima de R$ 300, com confraternizações, reuniões e aniversários.”

Luiz Fernando de Almeida, proprietário de um bar também no Santa Mônica, e um dos diretores do Sindicato de Bares e Restaurantes de Uberlândia, pretende adotar o pagamento parcelado em até três vezes de contas a partir de R$ 150 e em cinco vezes para valores acima de R$ 1 mil. Para ele, no atual cenário econômico, quem não se adaptar está fadado ao fracasso. “Estou visando as confraternizações e comemorações de pessoas físicas e jurídicas, que hoje representam, aproximadamente, 30% de meu movimento diário”, afirmou.

 

Cultura

A compra parcelada já faz parte da cultura de grande parte dos brasileiros para diversos outros segmentos da economia. Dados mais recentes da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) mostram que mais de um terço dos consumidores que dividem a conta optam pelo parcelamento no máximo de prestações possíveis.

 

Fonte: Correio de Uberlândia. Para ler a notícia na íntegra, acesse o site.