22/03/2016 - Festival gastronômico é estratégia de restaurantes para driblar crise

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Movimento das casas cresce até 35% durante evento, diz empresário. O festival, Restaurant Week, oferece cardápios a R$ 39,90 e R$ 51,90

 

 

Em período de alta no desemprego, contenção de gastos e orçamento familiar apertado, restaurantes e bares têm apostado cada vez mais em alternativas, como a venda coletiva e os festivais gastronômicos, para atrair clientes e tentar reverter o cenário pessimista.

Pesquisa realizada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo com 18 mil entrevistados comprova que a Intenção de Consumo das Famílias (ICF) teve queda de 29,9% em março, em relação ao mesmo período do ano passado. No comparativo mensal, o recuo foi de 1,6%.

“É inevitável não falarmos na crise política e econômica. As pessoas retraíram os gastos e uma das primeiras coisas cortadas é o lazer, restaurantes, viagens. O segmento de gastronomia teve uma queda muito grande nos últimos meses. Aliás, desde a Copa do Mundo", diz o empresário Fernando Reis, organizador do Restaurant Week.

Realizado em 15 cidades brasileiras, o festival é considerado o maior no país e tem como diferencial oferecer opções de cardápios - entrada, prato principal e sobremesa - com preços fixos promocionais. Em Ribeirão Preto (SP), a 4ª edição do evento será realizada entre 11 de abril e 1º de maio, com pratos a R$ 39,90 (almoço) e R$ 51,90 (jantar).

E é justamente o preço, aliado à qualidade dos serviços, que atrai os clientes, segundo explica o organizador. Reis destaca que o movimento das casas participantes chega a aumentar 35% durante as semanas do Restaurant Week, em comparação com o fluxo de clientes em dias comuns.

Uma das cidades que recebe o evento gastronômico é o Espírito Santo, que possui apoio institucional da Abrasel. Para o presidente da Abrasel no Espírito Santo, Wilson Calil, é importante apoiar movimentos que visam beneficiar o setor de alimentação fora do lar.

"Nós da Abrasel no Espírito Santo apoiamos todos os eventos que podem alavancar o setor numa situação financeira tão delicada que vivemos. É uma das formas que a Abrasel tem de incentivar as pessoas à frequentarem os restaurantes mesmo sabendo do momento crítico que o país vive.", acrescenta Wilson.

 

http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2016/03/festival-gastronomico-e-estrategia-de-restaurantes-para-driblar-crise.html G1 * Para ler a matéria na íntegra, acesse o site.