11/12/15 - Em ano difícil, franquias de alimentação saudável prosperam

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Franquias de alimentação saudável prosperam e vencem problemas no cenário de recessão econômica do país

 

A rotina agitada com longos períodos fora de casa tem feito com os brasileiros continuem a se alimentar muito fora do lar, apesar dos efeitos da atual crise econômica. Mas mesmo com um dia a dia corrido, as pessoas não abrem mão de um alimento saudável. Esse comportamento do brasileiro é um dos fatores que têm feito das franquias de services food um excelente negócio.

Para se ter uma ideia, apesar do cenário de recessão econômica no país, que gerou efeitos negativos em vários setores, o segmento de franquias de alimentação registrou, no primeiro semestre deste ano um aumento no volume de negócios de 12%, na comparação com o mesmo período em 2014, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF). No ramo dos alimentos saudáveis ou naturais esse crescimento foi 5 pontos percentuais a mais, ou seja, de 17%. Essa tendência de crescimento já vem há algum tempo, para se ter ideia, em 2014, as franquias do ramo de services food atingiram um faturamento de R$ 25,6 bilhões, cerca de 20% da receita total do franchising brasileiro. Atualmente, existem cerca de 30 redes de franquias de alimentação saudável que atuam no país. Juntas, elas representam quase 10% de todas as marcas de franchising no Brasil.

Um exemplo desse ótimo momento dentro do universo das franquias de alimentação é a Fast Açaí. A empresa goiana promove no próximo dia 3, no Hotel Mercure, em Goiânia, seu 3º Encontro Anual de Fraqueados. Durante o evento, a marca irá apresentar seus resultados de 2015, que impressionam. Segundo o sócio e diretor de marketing da empresa, Frederico Soares Junqueira, o crescimento do faturamento da franquia de alimentação saudável foi de 370%, só neste ano de 2015. Nesse mesmo período, o número de lojas da rede aumentou de 42 para 95, ou seja, um crescimento superior a 100%.

Para Frederico Junqueira, o crescimento das franquias de services food, mesmo em um ano de recessão, se deve ao fato de que o segmento da alimentação, segundo ele, sempre é o último a sofrer os efeitos negativos da crise.

Sobre o grande crescimento da Fast Açaí, em um ano de turbulência econômica, Frederico credita o sucesso da rede ao ao fato da empresa ter feito seu “dever de casa”. “A gente trabalhou muito a fidelização de nossos clientes, que trouxeram outros clientes. Cumprimos todos os objetivos em nosso planejamento estratégico para este ano. E todo esse nosso trabalho em 2015 teve total engajamento de todos os setores da empresa, desde a produção e a indústria, passando pelos setores de logística e administrativo, até a expansão de rede”, avalia Frederico, que mesmo chegando no final de 2015, quer fechar o ano com um total de 100 lojas.

 

Superando expectativas

Para o franqueado da Vila Brasília, em Goiânia, Arnaldo Bornagi, de 39 anos, que abriu no mês passado um quiosque próximo a sede dos Correios, o negócio está superando suas expectativas. “Eu tinha uma preocupação com o ponto de venda, mas tem me surpreendido. Tem cliente que sai do Aldeia do Vale para vir até aqui.”

Antes de investir em franquias, Arnaldo era funcionário de uma empresa de instalação e manutenção de tecnologia de trânsito, mas queria abrir seu próprio negócio, o que fez mesmo neste ano, considerado momento de crise. “Para quem trabalha duro não existe crise. A vontade de ser empreendedor nasceu há um ano, quando decidi que era a hora de tomar a frente dos negócios pois percebi que tinha disciplina para trabalhar por conta própria. E segui em busca de recursos para realizar este projeto”, conta.

Em agosto deste ano, ele pesquisou o mercado de negócios, tirou um mês para descansar e decidiu que era a hora de abrir sua franquia. Ele conta que pensou em vários negócios, mas vi que ia levar muito tempo para criar uma marca, desenvolver uma identidade e ganhar espaço em um mercado com tanta concorrência. “As franquias já tem um conhecimento e espaço no mercado, decidi também pegar o embalo desta fama”, diz ele que já planeja abrir a segunda loja da marca em julho de 2016.

No começo de novembro deste ano, a franquia chegou até ao nono estado brasileiro, o Tocantins, graças ao entusiasmo do empreendedor Clarindo Miranda Neto. Ele inaugurou loja na Avenida Teotônio Segurado, em Palmas. “Acredito que será a primeira loja de muitas que abrirei”, aposta. Sua expectativa é que o produto conquiste o público tocantinense que já tem o hábito de comer açaí.

 

Estratégias

E é para traçar estratégias que melhorem ainda mais esses números no próximo ano é que a marca realiza seu 3º Encontro de Franqueados , que ocorrerá no hotel Mercure, em Goiânia. “Nossa expectativa é reunir mais de 60 franqueados espalhados, por Goiás, e em outros oitos estados mais do Distrito Federal”, diz Frederico Junqueira.

De acordo com o gerente de franquias da empresa, Vilmar Tavares, o Encontro de Franqueados também servirá para traçar as projeções para o ano que vem. “A empresa pretende crescer 100% nas vendas de franquias, contando com o fato de estar inserida e reconhecida no mercado e busca projeção nacionalmente e estruturada. Tanto do ponto de vista de pessoas, fábricas e suporte”, explica Vilmar.

O encontro também servirá para a apresentação da campanha #Domeujeito, que traz os novos produtos que irão compor o cardápio da marca, como o sanduíche natural com salada, sanduíche natural com peito de peru e ricota e o wrap vegetariano. Outra novidade é as caldas opcionais que vão trazer ainda mais sabor ao açaí e cupuaçu expressos. São quatro sabores: chocolate, morango, maracujá e framboesa, sendo que o delicioso complemento levam 40% do puro sabor da fruta na sua composição. Os produtos passarão a ser ofertados em todos os pontos Fast Açaí na semana de Natal.

 

Fonte: GSMD