10/11/2015 - Fortaleza sedia Conferência Internacional de Indicação Geográfica

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

A Associação dos Carcinicultores da Costa Negra (ACCN) com o apoio do Sebrae/Ceará realizará, entre os dias 10 a 12 de novembro, a Conferência Internacional de Indicação Geográfica da Origin (Organization for an International Geographical Indications Network), com o objetivo de fomentar a discussão sobre o desenvolvimento econômico e social das diversas regiões brasileiras com potencial para se tornarem Indicações Geográficas (IG) – quando produtos ou serviços são característicos do seu local de origem atribuindo-lhes, assim, reputação, valor agregado e identidade própria. A programação do evento acontece no Auditório do Sebrae (Av. Monsenhor Tabosa, n°777, Meireles), com palestras e exposição de produtos com IG’s nacionais e internacionais, projeção de curtas-metragens sobre as indicações e ainda, uma visitação técnica às instalações das fazendas, laboratório e indústria do camarão da Costa Negra, no município de Acaraú, no litoral Oeste do Ceará, a 255 km de Fortaleza.

O evento será realizado pela primeira vez no Brasil e Fortaleza foi escolhida para reunir os diversos interessados locais e nacionais em conhecer mais sobre o tema e avaliar a possibilidade de formação de novos indicadores e em áreas distintas, bem como divulgar as potencialidades de todas as regiões brasileiras que possam vir a se constituir em IG’s, e incentivar a troca de experiência internacional nos processos de registros de novas IG’s.

Para a economia cearense, a Conferência se reveste de grande relevância para despertar os produtores locais sobre a importância e as vantagens de obter o registro de Indicação Geográfica, uma vez que no Ceará apenas a ACCN possui o registro. De acordo com a presidente da Associação, Maria Socorro Sousa Lima, ser associada à Origin, que é atualmente uma aliança global das Indicações Geográficas em vários setores, traz diversos benefícios para o negócio.

“Em agosto de 2011, a ACCN adquiriu junto ao INPI o registro de Indicação Geográfica por Denominação de ORIGIN do Camarão da Costa Negra, e desde então,  vem, sendo reconhecido como o melhor camarão do mundo. O selo garante cerca de 30% de valor agregado, a rastreabilidade e qualidade do produto e ainda por cima contribui para o desenvolvimento econômico e turístico da região fortalecendo cada vez mais os negócios e favorecendo a demanda de empregos diretos e indiretos",  ressalta Socorro. A região da costa negra engloba os municípios de Acaraú, Itarema, Cruz e Jijoca de Jericoacoara. Esse gênero de produto "crustáceo" da Costa Negra é o único do mundo e do Brasil a obter um registro de indicação geográfica. No local, estão reunidos 33 associados, sendo 32 fazendas de criação de camarão, uma indústria de beneficiamento e um laboratório Pós-Larva.

A Conferência Internacional de Indicação Geográfica da Origin conta ainda com o apoio da Assembleia legislativa do Estado do Ceará, Visite Ceará – Fortaleza Convention & Visitors Bureau, Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV-CE), Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-CE) e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL),Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Prefeitura de Acaraú, Prefeitura de Itarema, Secretaria de Turismo de Fortaleza,  — Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI)  e patrocínio do Governo do Estado do Ceará.

 

Serviço:

Conferência Internacional de Indicação Geográfica da Origin

Data: 10 a 12 de novembro

Local: Auditório do SEBRAE – Rua Antônio Augusto, n° 290, Meirelles.

Maiores Informações: www.origin2015.com.br

 

Fonte: Assessoria