05/11/2015 - Por um dezembro otimista, alegre e solidário

Artigo de Pecival Maricato

 

Quem disse que desistimos?

Nem começamos a brigar.

Há uma crise, parte de fato, parte pelo temor disseminado intensamente. Todo país têm crise, e regularmente, a cada dez ou vinte anos. O mundo não acaba ela sempre termina, os bons tempos voltam.

Dezembro, festas de fim de ano, o Natal, se aproximam e com muito pessimismo. As pesquisas dizem que 70% das pessoas irão evitar gastos no fim do ano.

Para nós, do setor de bares e restaurantes, isso é terrível, temos que pagar 13°,  fazer reservas para suportar janeiro, manter a casa aberta. E isso só será obtido, se todos trabalharmos para mudar o pessimismo em otimismo, começando por nós mesmos.

Ninguém está falando que a crise vai acabar. Estamos falando que não adianta ficar chorando. Com ou sem crise, não há porque não comemorar as festas de fim de ano, ou ser solidários com os que precisam, ou, que não exige grandes gastos, às vezes nenhum gasto.

As arvores de Natal e enfeites de rua, ou nos estabelecimentos comerciais, são baratos, as comemorações em um bar ou restaurante, podem ser feitas com os mesmos valores gastos normalmente, quando a eles se vai, viagens para lugares agradáveis no país ficaram baratos com a alta do dólar, visitar uma instituição de caridade, levar roupas usadas, não custa nada, a cidade pode passar um dezembro triste ou bem mais alegre, otimista, gratificante, se mudarmos o clima de pessimismo que decorre da crise ou é imposto ou acrescido por pessimistas, pelos exageros  midiáticos.

Com certeza sairemos desta crise, como de tantas outras, como tantos países saem de tantas crises (o capitalismo é cíclico), e com mais rapidez se formos à luta em vez de ficarmos se lamentando.

Enfim, preparemos um dezembro com alegria, otimismo e solidariedade. Programe eventos, planeje, faça promoções, enfeite seu negócio, lembre a todos que estaremos em festa, que a vida é para ser vivida, com intensidade, emoção, alegria e isso é fácil, barato e possível, no seu bar ou restaurante, ou em tantos outros lugares da cidade.

A ABRASEL SP estará lembrando que em dezembro, a vida é para ser vivida, como nenhum outro mês do ano. Faça sua parte.