23/10/2015 - Torcedores comemoram liberação da cerveja, e bares têm bom movimento no Maracanã

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

A noite de festa no Maracanã para o duelo entre Fluminense e Palmeiras, nesta quarta-feira, ganhou um ingrediente a mais para animar o público presente: cerveja gelada. Com a liberação da bebida alcoólica nos estádios do Rio de Janeiro, os torcedores já puderam fazer a compra nos bares do local e comemoraram a novidade.

O Consórcio Maracanã fechou um contrato pontual para este jogo pela semifinal da Copa do Brasil com a marca holandesa Amstel, e a cerveja foi vendida pelo valor de R$ 7 nos bares e por ambulantes.

Antes do início da partida, como de costume, os torcedores preferiram beber nos bares do lado de fora do estádio, nos arredores. Minutos antes de a bola rolar, no entanto, o movimento nos bares do Maracanã aumentou bastante e a cerveja foi bastante vendida.

"Acho que a liberação da cerveja foi uma boa, eu gostei. Eu não bebo muito, estou aqui tomando só um pouco, socialmente, mas gostei. Claro que é preciso ficar atento se o excesso por parte de alguns vai causar confusão, mas acho que quem vem pra brigar faz isso independentemente da cerveja", disse André Guttman, torcedor do Tricolor.

"Só achei o preço da cerveja um pouco caro, aliás, como quase tudo que vendem nas lanchonetes aqui do Maracanã. E o serviço não é muito bom, no intervalo as filas são sempre muito grandes", completou.

Nas arquibancadas, era possível observar várias pessoas consumindo a bebida. Questionado pela reportagem do ESPN.com.br, o funcionários de um dos bares falou que a procura pela cerveja estava sendo mesmo grande.

"Recebemos nesse bar aqui 1.200 latinhas, cem caixas com 12 latas cada. E estamos vendendo muito mais cerveja do que refrigerante, é bem capaz que até o fim do jogo acabe tudo", disse o atendente.

Esta é a segunda partida na cidade com cerveja liberada depois que foi publicada no Diário Oficial a lei 7083, sancionada pelo governador Luiz Fernando Pezão na última sexta-feira, mas só passou a valer nesta segunda. A bebida alcoólica também foi venida nesta terça, no jogo entre Botafogo e Ceará, no Engenhão, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

 

Fonte: ESPN