13/08/2015 - Diretor executivo da Wet n’ Wild discorre sobre inovações, reinvenção e foco

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Em palestra interativa, durante o 27º Congresso Nacional Abrasel, Alain Baldacci usa analogia de esportes para exemplificar a visão periférica necessária para o sucesso de empresários

 

A segunda palestra do último dia do 27º Congresso Abrasel focou na qualidade de serviços oferecidos aos clientes e nos desafios práticos na rotina do pequeno e médio empresário brasileiro. Alain Baldacci, diretor executivo do parque aquático Wet n’Wild e presidente da Sindepat discursou sobre a “visão de 360º 3D”, onde o empreendedor deve se ater a todos os detalhes de seu negócio. “A qualidade é fundamental em nosso setor, pois é um conceito de percepção. É variável, mas quando falamos de uma qualidade em 360 graus, vemos todas as faces. Deste modo, a qualidade total não depende mais de percepção, essa nova visão se chama Qualidade 360º 3D”, explica Baldacci.

Foram utilizados vídeos de Salto Ornamentais, Ginástica Olímpica, Boxe, Salto com varas e Tênis para uma analogia destes esportes com a situação dos empresários, onde os reflexos devem se rápidos para se adequar às diversas situações. Nesses casos, é preciso ter uma visão periférica, para enxergar o problema como um todo. Refletindo sobre a rotina dos empresários, Baldacci afirmou que o resultado depende apenas de como o empresário se prepara para chegar até ele. No parque Wet n’ Wild é servido até 10 mil refeições por dia.

Além disso, o empresário discutiu também sobre os tópicos de mercado com o monitoramento da concorrência, pesquisa, benchmarking e monitoramento de redes sociais. Sobre gestão foi detalhado os cuidados permanentes com o resultado financeiro e também sobre os cumprimentos dos deveres legislativos, com ênfase nos cadastros idôneos e a organização contábil e fiscal.