CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Hotéis não estavam totalmente cheios, a queda do consumo das pessoas e interferência até da chuva

 

O vice-presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Ceará, Ivan Assunção, estima, em balanço parcial, que neste julho o setor tenha registrado queda de 5% a 10% no faturamento, na comparação com o mesmo período de 2014. “Ano passado foi atípico, teve Copa”. Entre os fatores, aponta, os hotéis não estavam totalmente cheios, a queda do consumo das pessoas e interferência até da chuva.

Entre os ambulantes, a opinião é de que o mês foi bem abaixo da expectativa. Na avaliação de Kayque Verissimo, supervisor de uma das barracas da Praia do Futuro, a expectativa é de que o movimento vá diminuindo.

“Esta ainda foi uma segunda-feira diferente, tanto que a quantidade de garçons, de mesas dispostas, é a mesma dos dias anteriores. É a despedida de quem veio ficar em Fortaleza”. O domingo, diz, foi um dos melhores do mês. “Mas na próxima segunda-feira a gente começa a sentir mais”.

 

Fonte: O Povo