22/07/2015 - Empresários de Juazeiro do Norte (CE) articulam polo gastronômico

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Lagoa Seca desponta na região com variadas opções de restaurantes para moradores e visitantes

 

A primeira missão internacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) teve a participação de empresários do Cariri. Ao todo, 21 proprietários de estabelecimentos da região foram a Portugal. Eles já firmaram parceria com a Escola Gastronômica de Portugal e uma das primeiras ações será dentro do polo gastronômico da Lagoa Seca, com 35 estabelecimentos, bairro nobre de Juazeiro do Norte. Eles estiveram recentemente naquele país e, em breve, devem iniciar parceiras.

O polo ganhou destaque e agora busca reconhecimento por Lei Municipal. O processo de organização vem sendo liderado pela Abrasel, no Cariri, que encaminhará pedido ao legislativo municipal nesse sentido. O bairro conseguiu, nos últimos anos, agregar os melhores bares e restaurantes da região e agora busca a legalização do espaço, segundo o presidente da Abrasel, José Bezerra Feitosa Júnior. Ele integra o conselho nacional da entidade. "Quando chegar o momento em que estiver legalizado, isso facilitará a canalização de recursos para novos investimentos na área", diz.

O polo da Lagoa Seca, conforme Feitosa Júnior, vai funcionar como o projeto piloto para outros da região. Seria o primeiro do interior do Estado, já com uma identidade visual criada e agora está em andamento a parte burocrática, do decreto. Em seguida, será iniciado o plano de ação, com os parceiros.

No Cariri, outras áreas, conforme o presidente da Abrasel, têm se desenvolvido nesse sentido, inclusive em Juazeiro. Com a formalização do polo, ele afirma que será realizada uma série de iniciativas, começando com a coleta seletiva de resíduos, numa parceria com a Universidade Patativa do Assará (UPA), com um posto na área do polo.

O projeto de resíduos inclui, além da coleta do óleo, outros tipos de produtos, como plásticos. Outra ação prevista é a colocação de uma unidade móvel, na Praça José Irlando de Morais, conhecida como Praça da La Favorita, para cursos e treinamentos na área da gastronomia, como o de manipulação de alimentos, buscando a qualificação maior do setor.

No rumo dessas melhorias, como forma de incentivar os estabelecimentos do setor, a Abrasel também pretende criar um selo, como forma de envolver os empresários quanto à responsabilidade social. Nesse caso, ele deverá atender a um padrão de funcionamento, elevando o nível dos serviços e da alimentação. "Queremos que esse polo se torne um modelo, para que possamos estender as ações para outras cidades da região e bairros de Juazeiro do Norte", diz.

O dirigente da entidade admite que, em outras áreas da cidade, como no Centro, especificamente na Rua São Paulo, já com vários estabelecimentos do tipo fast foods? e no Cariri Garden Shopping, houve uma ampliação do segmento de alimentação em pouco mais de dez anos. No shopping, a praça de alimentação foi duplicada com novos restaurantes e franquias internacionais. "Com certeza temos um polo com uma variedade e que vem buscando, a cada ano, qualificar os serviços", afirma.

Recentemente a entidade apresentou o projeto da nova sede, que será no bairro Muriti, em Crato, num prédio de quatro andares. No local, haverá uma cozinha gastronômica com sala de aula. O intuito é centralizar todos as ações relacionadas a capacitações no local. "Agora estamos dependendo de emenda paramentar", afirma Júnior, que tem reunião agendada com o articulador e autor da proposta, deputado Raimundo Gomes de Matos, para encaminhar do processo da primeira sede fixa da Abrasel no Brasil.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Juazeiro, Roberto Celestino, destaca a melhoria dos serviços, nos últimos anos, na região e em Juazeiro do Norte. Segundo Júnior, o formato que se pretende aplicar em Juazeiro já foi desenvolvido com sucesso em outras cidades de maneira a acompanhar esse crescimento que o Cariri experimenta. Mesmo assim, ele pontua já ser grande a diferença, observando que não existe turismo sem gastronomia. "O setor deu uma guinada nos últimos anos", afirma.

Ele ainda diz que a qualificação dos serviços também tem melhorado, principalmente por conta da entrada de restaurantes de grandes redes na região, a exemplo de fast foods internacionais, no Cariri Garden Shopping. Mas, o maior problema está relacionado à mão¬ de¬ obra qualificada, que ele considera um dos pontos cruciais. "Mas, mesmo assim, tem mudado. É lógico que isso não acontece da noite para o dia, mas leva um tempo", avalia.

 

Mais informações:

Abrasel - Cariri

Av. Governador Plácido Aderaldo Castelo, 220 - sala 10 - Lagoa Seca - Juazeiro do Norte

Telefone: (88) 3512-3403

E¬mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

 

Fonte: Diário do Nordeste