09/04/12 - Franquias que vão abocanhar o mercado

Áreas de fast-food e de beleza são boas apostas para ganhar dinheiro em 2012

As franquias abocanharam um belo pedaço do mercado brasileiro e, em 2011, representaram 8% do Produto Interno Bruto Nacional (PIB). Isso significa que o faturamento do setor chegou aos R$ 286 bilhões. A pesquisa foi realizada pela consultoria Rizzo Franchise e apontou ainda que cada brasileiro deixou 0,51 centavos nos caixas das franquias por hora em 2011.

No ano passado, foi a área de negócios e serviços a responsável pelo maior crescimento. Foram mais de cinco mil novas unidades. Para este ano, as apostas do setor são as áreas de fast food, saúde e beleza, automotiva e alimentação especializada. “A área de fast food, claro, sempre vem em primeiro lugar. Mas hoje as franquias de pequenos serviços têm crescido muito no Estado. São aquelas que oferecem pequenos reparos, como fazia o Pereirão da novela. Hoje é difícil encontrar um pedreiro. É um serviço caro e, em muitos casos, sem garantias. Portanto esse é um tipo de franquia que pode render bastante”.

Há ainda as microfranquias. Com investimento menor, de até R$ 50 mil, estão vindo com tudo para o mercado, diz Aline Rauta, consultora no setor de franquias. “Em geral, temos visto uma curva crescente em relação à franquias no Estado. Até porque o comércio varejista cresceu muito e, principalmente, nesse segmento. E para quem quer ser o próprio patrão, as franquias fazem essa ligação quase perfeita”.

Para fazer parte do universo do franqueado, no entanto, é preciso planejamento e, claro, uma reserva de dinheiro, diz Aline.

“Não ter um plano de negócios e contar que a franquia vai fazer todo o trabalho para você é um dos principais erros para quem começa nesse negócio. Além disso, é preciso entender que só se dá bem na franquia se há identificação com ela. Depois, é preciso se planejar, estudar o local onde o negócio será aberto, avaliar se há capital para investir e para manter as portas abertas”.

 

Empregos

E as franquias se mostram um bom negócio também para quem busca emprego. A pesquisa da consultoria Rizzo Franchise destaca, ainda, a geração de 266 mil novos empregos diretos – um crescimento de 16% na comparação com 2010 – e o emprego de cerca de 2 milhões de pessoas. Em 2011, 19 mil novas unidades de franquias foram abertas – o que corresponde a 53 franquias por dia ou 2 por hora – e 284 empresas entraram para o franchising.

 

Elas estão com tudo:

1 Fast food - O setor de fast food está sempre em alta no mundo das franquias. Para 2012, a estimativa das consultorias é de que o setor de fast food deve, novamente sair na frente.

2 Saúde e beleza - O setor também deve ter um crescimento acima da média em 2012, segundo a pesquisa. Essa área engloba lojas de cosméticos, salões de beleza e serviços de estética.

3 Área automotiva - Basta dar uma olhada nas ruas na hora de maior trânsito para notar que o número de automóveis é crescente. Junto com esse aumento, sobe a demanda por serviços no setor.

4 Reparos - As franquias dessa área buscam solucionar problemas do dia a dia das pessoas. A área tende a crescer, junto com a escassez de mão de obra de pedreiros, por exemplo.

5 Microfranquias - Existem 260 redes no país com investimento de até R$ 50 mil. Elas surgiram em 2008 e já formaram mais de 14 mil franqueados. A tendência é de alta para 2012.

6 Alimentação especializada - Essa área engloba franquias com alimentos direcionados, como os grelhados, comida japonesa, comida árabe, além de alimentação saudável.

Fonte: Gazeta On Line