18/06/2015 - Abrasel abre quarta regional em Minas Gerais

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

A quarta regional em Minas abrangerá 49 municípios

 

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) realizará, no dia 29 de junho, a solenidade de fundação da regional União Oeste – Mesorregião Oeste de Minas Gerais. Assim passa para quatro representações no Estado, já que a entidade conta com as regionais Zona da Mata, Campo das Vertentes e Pico da Bandeira. A União Oeste será a 18ª regional da Abrasel no Brasil e a previsão é de que, no segundo semestre deste ano, seja fundada mais uma regional no Triângulo Mineiro.

O evento acontecerá em Divinópolis, no Restaurante Barroco Mineiro (rua Rio de Janeiro, 1979 – Santo Antônio), a partir das 19 horas. Na ocasião serão eleitos e empossados os conselheiros de administração e fiscal para o triênio de 2015/2018.

A quarta regional em Minas abrangerá 49 municípios distribuídos por: Microrregião Divinópolis (Carmo do Cajuru, Cláudio, Conceição do Pará, Divinópolis, Igaratinga, Itaúna, Nova Serrana, Perdigão, Santo Antônio do Monte, São Gonçalo do Pará, São Sebastião do Oeste); Microrregião Campo Belo (Aguanil, Campo Belo, Cana Verde, Candeias, Cristais, Perdões, Santana do Jacaré); Microrregião Formiga (Arcos, Camacho, Córrego Fundo, Formiga, Itapecerica, Pains, Pedra do Indaiá, Pimenta); Microrregião Oliveira (Bom Sucesso, Carmo da Mata, Carmópolis de Minas, Ibituruna, Oliveira, Passa Tempo, Piracema, Santo Antônio do Amparo, São Francisco de Paula; Microrregião Piumhí (Bambuí, Córrego Danta, Doresópolis, Iguatama, Medeiros, Piumhi, São Roque de Minas, Tapiraí, Vargem Bonita) e Microrregião Pará de Minas (Florestal, Onça de Pitangui, Pará de Minas, Pitangui, São José da Varginha).

O presidente da Abrasel MG, Fernando Júnior está otimista com novos representantes no Estado. Segundo ele, a criação da Abrasel União Oeste representa um importante avanço para o setor na região. “A instituição tem priorizado cada vez mais a interiorização de suas ações. Tenho certeza de que, com o apoio da Abrasel, o segmento ficará ainda mais forte e ganhará cada vez mais notoriedade”, salienta Júnior.

Para Guilherme de Paula Rabelo, representante local do Sebrae, a chegada da União Oeste é resultado do esforço dos empresários, da Abrasel, do Sebrae e demais lideranças, o que demonstra o amadurecimento da governança e interesse do setor em melhorar. “Com o mesmo objetivo de ajudar o setor a evoluir o Sebrae já vem atuando com os empresários há dois anos, trazendo consultorias em inovação e tecnologia, gestão de finanças, marketing e recursos humanos, além de apoio para participação em feiras e seminários do setor.

Rabelo salienta que o segmento de bares e restaurantes na região têm registrado um amplo nível da concorrência, o que tem cobrado dos empresários uma postura gerencial mais arrojada e inovadora. Segundo ele, em Divinópolis existem 580 empreendimentos gastronômicos formais, gerando cerca de sete mil empregos diretos.

“Na cidade são gastos cerca de R$ 12 milhões, anualmente, em alimentação fora do lar e, a cada ano, novos empreendimentos vêm surgindo, acompanhando não somente o crescimento da cidade, como, também, o aumento da tendência de se comer fora de casa”, destaca o analista que ainda descreve sobre a economia local. “Divinópolis é uma cidade polo no Centro Oeste de Minas, recebendo uma população circulante de cerca de 50 mil pessoas, que vêm ao município para trabalhar, estudar, buscar serviços de saúde dentre outros, o que gera mais resultados para o setor”, reforça.

 

Sobre a Abrasel

Criada com a missão de representar e desenvolver o setor de alimentação fora do lar, promovendo ações que contribuam para o crescimento sustentável do Brasil, a Abrasel tem investido constantemente em seu projeto de expansão e hoje está presente com suas seccionais em 27 estados brasileiros e 17 regionais.

A seccional da Abrasel em Minas Gerais foi fundada em 27 de novembro de 1987. No Estado, o setor de alimentação fora do lar é composto por 105.598 empresas, que geram mais de 630.000 empregos diretos e movimentação financeira em torno de 22 bilhões de reais a cada ano. Já em Belo Horizonte, o segmento conta com 18.613 empresas, gera mais de 112.000 empregos diretos e movimentação financeira da ordem de 4,5 bilhões anuais.

 

Fonte: Assessoria de imprensa Abrasel MG