16/04/2015 - SEBRAE INSCREVE EMPRESAS PARA PARTICIPAÇÃO EM PROJETO QUE ATENDE BARES E RESTAURANTES DE PORTO VELHO

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

O objetivo do projeto será de identificar as maiores dificuldades na gestão destes negócios e, através da capacitação gerencial, encontrar e aplicar as soluções mais adequadas para as empresas participantes

 

O Sebrae em Rondônia, em parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes ( Abrasel), e o Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes de Rondônia ( Sindhotel), e outros parceiros, estão inscrevendo empresas do segmento para participar de projeto que tem por objetivo elevar a competitividade de Bares e Restaurantes de Porto Velho.

Para isso, as empresas devem inscrever-se até o dia 22/04 através do e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ; ou pelo telefone (69) 3217-3891.

O objetivo do projeto será de identificar as maiores dificuldades na gestão destes negócios e, através da capacitação gerencial, encontrar e aplicar as soluções mais adequadas para as empresas participantes. Além de atuar para a solução dos “gargalos” presentes na gestão de bares e restaurantes, o projeto também foca na potencialização dos pontos fortes destes negócios, e nas oportunidades que o setor proporciona.

Por falar em oportunidades, o segmento de alimentação fora do lar tem mantido crescimento ininterrupto ano após ano. Em 2014, faturou no país mais de R$ 242.8 bilhões. Estimativa da Abrasel, baseada em pesquisa realizada junto ao segmento, aponta que em Rondônia, 33% da população realiza ao menos uma refeição por dia fora de sua residência. No Brasil, este número é de 37% (em 2002 era 24%). Para comparação, nos EUA este número chega a 60%, reafirmando as oportunidades de crescimento para o segmento.

Tal cenário não se deve apenas ao aumento da renda do brasileiro que mantém-se estável a pelo menos vinte anos, mas também pela modificação dos hábitos dos consumidores e da configuração da sociedade. No primeiro caso, o dia a dia corrido, o trânsito cada vez pior nas cidades e mesmo o aumento da carga de trabalho e atividades externas leva as pessoas a realizarem suas refeições fora de casa. No segundo caso, as famílias cada vez menores, e mesmo o crescente número de pessoas que moram sozinhas, também oportuniza o aquecimento do setor.

 

Fonte: News Rondonia