24/03/2015 - Atrativos fazem de Brasília um bom destino

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Turismo de negócios aumenta 20% do faturamento de bares e restaurantes

 

Turismo de negócios. Esta é a atividade que está movimentando a economia local nos últimos tempos. Preparada para receber grandes e pequenos eventos corporativos, Brasília ganha mais visitantes ao longo do ano, o que estimula o setor de hotéis, bares, restaurantes e serviços gerais da cidade.

Dependendo da cerimônia, inclusive, a modalidade aumenta, em média, 20% o faturamento do setor gastronômico da região, garante o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Distrito Federal (Abrasel-DF), Rodrigo Freire. "O turismo de negócios, principalmente durante a semana, tem grande impacto. A capital provou que consegue sediar grandes eventos corporativos, gastronômicos, odontológicos, esportivos, ou seja, todas as áreas", afirma.

 

Praticidade

Freire ressalta que o Centro-Oeste acaba sendo mais procurado do que as demais regiões pela localização estratégica. "Trazer uma reunião a Brasília é mais barato e prático", acrescenta, relatando a opinião de empresários do ramo: "Sempre recebo um retorno positivo”.

Entre os espaços preparados para receber todo tipo de evento, desde os corporativos até os esportivos, que se destacam em Brasília, está o Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB).

Com versatilidade e multifuncionalidade, o CICB, localizado no Setor de Clubes Sul, impressiona pela estrutura, sendo equipado com uma cozinha de três mil metros quadrados, dentro do padrão da Federação Internacional de Futebol (Fifa), além de estacionamento coberto para dois mil carros, internet e sonorização em todo o local e grupos de geradores.

"A diferença do CICB para os espaços apenas adaptados para receber um evento é que ele foi todo planejado para essa atividade, com métodos modernos de sustentabilidade. O centro atende a demanda de qualquer tipo de cerimônia. Essa versatilidade é o que nos define", ressalta o diretor Marcos Cumagai.

 

A cidade ganha

Para a gerente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Distrito Federal (Sindhobar), Maria Rafael, o turismo de negócios é extremamente positivo para o segmento. "De todos, o setor hoteleiro é o que apresenta maior movimentação, mas a cidade inteira ganha", opina a executiva.

 

Saiba mais

Segundo o Ministério do Turismo, o turista de negócios e eventos, doméstico e internacional, apresenta características comuns, como escolaridade superior e poder aquisitivo elevado. Além disso, o visitante costuma exigir praticidade, comodidades e atendimento e equipamentos de qualidade.

A permanência média do turista de negócios no local do evento é de quatro (doméstico) e oito (internacional) dias, de acordo com o Ministério do Turismo.

 

Fonte: Jornal de Brasília