20/03/2015 - Busca de mão de obra é corrida contra o tempo

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Bares de Belo Horizonte se preparam para o Comida di Buteco com dificuldades para contratar

Participar do Comida di Buteco é um desafio para os bares convidados, que correm contra o tempo para darem conta do movimento que os atingirá nos dias do concurso. Tanto para quem participa pela primeira vez, quanto para quem já participou e tem uma ideia do que vem por aí, o jeito é se organizar para conseguir atender bem. O principal gargalo é a mão de obra.

Gargalo porque nem sempre é possível encontrar pessoas preparadas para determinadas funções. E quando se encontra, elas moram longe, o que dificulta a contratação. Para quem é dono de boteco e muitas vezes trabalha com a família, toda despesa extra pode inviabilizar o negócio. Além disso, é preciso também investir em treinamentos, para que os novos contratados (e até quem já trabalha no bar) saibam como lidar com a fila de espera gerada pelas caravanas e saibam fazer uma comida gostosa, que surpreenda a ponto de ganhar o concurso e que não demore a chegar na mesa, tudo com muita simpatia.

 


O empresário João Augusto Costa dobrou a equipe no ano passado. Este ano planeja ampliar o quadro novamente, para atender bem

 

Dificuldades. Um dos botecos participantes e que não pode ser identificado ainda, de acordo com o regulamento do concurso, já colocou anúncios de suas vagas no Sine e no Senac, mas ainda não conseguiu fechar a equipe. O bar é grande, e está localizado na região da Pampulha. Muito empolgado com sua primeira participação, o proprietário está ansioso para encontrar o reforço na equipe que precisa formar. “Pretendo integrar alguns no meu quadro de funcionários, porque depois do concurso devo ampliar a casa. Infelizmente, os bons profissionais que achei até agora moram muito longe, o que dificulta a minha contratação”, conta.

Já no Barracão Butiquim, localizado no bairro Pompéia, a solução do ano passado foi dobrar a equipe, tanto na cozinha quanto no atendimento. Como a casa trabalha com estudantes universitários, não foi difícil formar o novo quadro. “Temíamos a chegada das caravanas, por isso dobramos a equipe. Esse ano vamos contratar, mas não será necessário dobrar”, conta o proprietário, João Augusto Costa.

 

Festival

Abertura. Em Belo Horizonte, o Comida di Buteco começará no dia 10 de abril. A Saideira - o encerramento - será no dia 10 de maio, na esplanada do Mineirão, com show do Jota Quest.

 

Fonte: O Tempo