24/02/2015 - Empresa aposta na venda de chope artesanal na orla de Ipanema e Leblon

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Com mochila que conserva chope gelado, marca começou vendas em dezembro

 

A onda das cervejas artesanais chegou às praias do Rio neste verão e já começa a ganhar força. Desde o lançamento, no fim de 2014, o chope Irada! circula pelas areias do Leblon, na Zona Sul. O sucesso levou à rápida expansão das vendas à vizinha Ipanema. Segundo um dos sócios, Felipe Nogueira, o sonho da empresa é se tornar o “Biscoito Globo das cervejas”, em alusão ao quitute de polvilho, vendido há mais de 50 anos na orla carioca.

 

 

“Conseguindo isso, a gente tem lastro para ir para a prateleira e competir com as outras artesanais”, disse Felipe, que tem entre os parceiros no negócio o ator Malvino Salvador.

 

Mochila conserva

Segundo a marca, este é o primeiro chope artesanal feito para ser vendido na praia no mundo. O segredo está na mochila que conserva o líquido gelado e sem contato com o ar. O equipamento é fruto de parceria com a empresa 2East, que opera vendas de chope em festivais como Lollapalooza e Rock in Rio.

Outra união que viabilizou a iniciativa foi com a cervejaria Allegra, que produz o chope sob demanda. Em dias de muito movimento, cerca de 200 litros são vendidos. O chope tipo Pilsen tem 4,5% de teor alcoólico, é servido em copos plásticos de 400 ml e custa R$ 8.

O enchimento das mochilas é feito em um depósito na Barra da Tijuca, na Zona Oeste. De lá, vão para as praias de Leblon e Ipanema, onde os minibarris de chope (cerca de 12,5 litros cada) ficam no gelo, em barracas parceiras, para a recarga dos vendedores.

"É leve e saboroso. Combina com o calor do Rio e dá opção para fugir das cervejas que são vendidas na praia", aprovou o empresário e designer André Carreira, citando as marcas produzidas por grandes cervejarias.

 

Vidro proibido nas areais

A principal razão para a ausência de marcas artesanais nas areias é a proibição da venda em garrafas de vidro. A produção em latinhas só se justifica em larga escala e, segundo cervejeiros, há perda da qualidade.

Perto da praia, mas fora da areia, a Irada! começou timidamente a venda de garrafas de 600ml, em janeiro, em dois pontos: no Bar do Hotel e no Bar do Lado, no Hotel Marina, na orla do Leblon. A Irada! Posto 12 é a primeira de linha, que terá variações.

 

Fonte: G1 - PME