19/02/2015 - Restaurantes custeiam táxi para driblar Lei Seca

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Parceria com aplicativos de corridas e uso de voucher são algumas medidas de estabelecimentos em Belo Horizonte

 

Mais de dois anos depois de a Lei Seca entrar em vigor, bares e restaurantes de Belo Horizonte ainda buscam alternativas para recuperar a queda nas vendas de bebidas alcoólicas. A principal estratégia é conceder descontos para que os clientes possam pagar a corrida de táxi na volta para casa. Quem souber aproveitar as promoções pode deixar o carro em casa e não pagar nada para ir ao happy hour.

No restaurante italiano Maurizio Gallo, na região Centro-Sul da capital, os clientes que consomem duas garrafas de vinho ganham R$ 25 para utilizar no pagamento do táxi na volta da casa. “Essa foi a saída que tivemos para enfrentar a forte queda no consumo de bebidas alcoólicas após a Lei Seca. Conseguimos recuperar parte das vendas, mas ainda não chegamos ao nível de venda de vinhos que tínhamos antes”, afirmou o proprietário, Maurizio Gallo.

Para viabilizar o estímulo, Gallo firmou parceria com taxistas que atendem os clientes. Ele conta que, inicialmente, a ideia era que o próprio estabelecimento tivesse uma van para levar os clientes par casa. “Queríamos oferecer o nosso próprio transporte, mas não foi viável devido à logística, por isso conseguimos fazer esse trabalho com os taxistas”, lembra.

Tecnologia. Outra iniciativa é uma parceria criada entre o aplicativo para chamada de corridas Easy Taxi com a Ambev. Até 15 de março, quem for aos bares do quiosque Brahma e mostrar no celular que usou o aplicativo para ir de táxi ganha um chope. Se, durante a estadia, forem consumidos mais dois chopes e uma porção, o cliente ganha um voucher de R$ 10 para ajudar a custear o táxi de volta. Se a conta for paga com cartão Visa, o consumidor ainda ganha mais um voucher de R$ 10, para usar em outra corrida.

 

Promoções

Easy Taxi. Para ganhar os descontos oferecidos pelo aplicativo, o cliente tem que mostrar, pelo celular, que utilizou o sistema para ir de táxi até o bar. Nesse primeiro momento, ele ganha um chope. Se consumir uma porção e outros dois chopes, o cliente ganha um voucher de R$ 10 no Easy Taxi, para usar na volta. Se o pagamento for feito com cartão Visa, ele ganha mais R$ 10. A promoção vai até 15 de março.

Retorno. Quem for ao restaurante e consumir duas garrafas de vinho ganha R$ 25 para ser usado no táxi de volta. O benefício é cumulativo.

 

Penalização

Lei. Dirigir embriagado gera multa de R$ 1.915 e apreensão da carteira. Se a quantidade de álcool flagradas no sangue foi superior a 0,33 mg/l, o condutor pode responder por crime de trânsito.

 

Estratégia

“Criar promoções para que os nossos clientes viessem ao estabelecimento detáxi foi asaída que tivemos para enfrentar a forte queda no consumo de bebidas alcoólicas após a implantação da Lei Seca, em 2012.Com a estratégia, conseguimos recuperar parte das vendas, mas ainda nãochegamos ao nível de venda de vinhos que tínhamos antes.” Maurizio Gallo - Proprietário de Restaurante

 

Fonte: O Tempo