19/12/2014 - Apagão na noite de quarta-feira afetou 500 mil clientes em Pernambuco, diz Celpe

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Apagão também causou prejuízos em bares e restaurantes

 

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) informou através de uma nota oficial que o apagão da noite de quarta-feira (17) afetou cerca de 500 mil clientes. A ocorrência, relatou a companhia, atingiu parcialmente as cidades do Recife, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata. Na capital, foram atingidas a Zona Sul, Oeste e parte da Zona Norte.

Nas redes sociais, moradores do Recife, Olinda, Paulista, Jaboatão dos Guararapes, Surubim, Ipojuca, Vitória de Santo Antão, Arcoverde, São Lourenço da Mata, Gravatá, Petrolina, Passira, Cabo de Santo Agostinho e Camaragibe se queixaram sobre a falta de energia generalizada durante a noite. A Celpe esclareceu que, como distribuidora, recebe a energia da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) para fornecer ao consumidor final.

O diretor de operações da Chesf, Mozart Arnaud, confirmou que o blecaute foi causado por um curto-circuito que rompeu totalmente um cabo de 230 kV de transmissão que interliga a estações Bongi e Joairam, atingindo, ainda, três linhas de transmissão de 69 kV da Celpe e outra do Metrorec. Segundo ele, o reestabelecimento da energia na estação Bongi ocorreu uma hora e quinze minutos após a pane, e na estação Joairam 25 minutos após a interrupção. O órgão informou que “a parte que cabe à Chesf na resolução do problema já está normalizada”.

 

Bares

Além dos transtornos causados à população, principalmente quem depende do transporte público para voltar para casa após o expediente de trabalho, o apagão também causou prejuízos em bares e restaurantes. Como o problema ocorreu em um dia com bastante movimento nos estabelecimentos, a falta de energia pegou clientes e gerentes de surpresa, atrapalhando pedidos, fechamento de contas e pagamento.

Segundo Valter Jarock, diretor executivo da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes em Pernambuco (Abrasel-PE), sempre que ocorre um apagão, o setor de bares e restaurantes é um dos que mais sofre prejuízos. “Nem todos os estabelecimentos possuem geradores de energia, o que atrapalha bastante os trabalhos. A falta de energia atrasa todos os serviços e modifica até a parte operacional, inclusive com a extensão do horário de fechamento por conta da limpeza”, destacou.

 

Fonte: Diário de Pernambuco