19/11/2014 - Setor de franquia deve ter pior desempenho da década em 2014, diz ABF

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Desaceleração da economia impacta o setor

 

O setor de franquias brasileiro não deve ter crescimento real em 2014,  o que configura o pior desempenho da última década, segundo informações da Associação Brasileira de Franchising (ABF). A alta nominal prevista para o faturamento fica entre 5% e 7% no ano, disse a presidente da entidade, Cristina Franco, nesta terça-feira.

O cenário econômico em desaceleração explica, em parte, o resultado. A ABF apresentou um estudo sobre o perfil de franquias no país e mostrou que, no setor de alimentação, 57% das lojas são franquias.

Ainda nesta terça-feira, a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce), que participou do evento da ABF e da elaboração do estudo, informou que apenas 24 das 43 aberturas de shoppings previstas para 2014 serão realizadas. “O setor não vive em uma ilha. Sentimos efeitos da desaceleração, sempre tivemos atrasos de aberturas, mas neste ano o que pesou a mais nos adiamentos foi a economia”, disse Luiz Fernando Veiga, presidente da Abrasce.

Para 2015, a entidade informou que estão previstos, até agora, 19 aberturas de shoppings que são, na verdade, adiamentos relativos a este ano.

 

Fonte: Valor Econômico Online