06/11/2014 - Preço dos imóveis desacelera no país

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Preço médio dos imóveis teve desaceleração no acumulado de 12 meses

 

Pela décima primeira vez consecutiva, o preço médio dos imóveis apresentou desaceleração no acumulado de 12 meses, segundo o mais recente Índice FipeZap, que acompanha o comportamento do mercado imobiliário de 20 cidades brasileiras.

O valor médio do metro quadrado dos imóveis no país registrou alta de 8,23% nos últimos 12 meses encerrados em outubro. Desde novembro de 2013, quando os preços subiram 13,8% em 12 meses, o dado acumulado não apresenta aceleração.

Já nos primeiros dez meses de 2014, os preços subiram 5,88%, segundo o índice. A alta é 0,75 ponto percentual superior à inflação do período, se considerada também a expectativa do Banco Central para o IPCA do mês de outubro, de 0,50%.

Apenas considerando a variação mensal, o índice apresentou alta de 0,45% nos preços em outubro de 2014, ante mesmo período de 2013.

Como a valorização mensal é superior à variação da inflação esperada para o mês, pode-se dizer que há uma queda real nos preços em outubro.

São Paulo e Rio de Janeiro registraram a menor variação mensal desde o início da série histórica do índice, em 2008, com altas de 0,30% e 0,35%, respectivamente.

Além das duas capitais, em outras cinco cidades a variação do preço médio foi menor do que a inflação esperada para o mês.

Veja na tabela a seguir a variação dos preços dos imóveis à venda nas 20 cidades acompanhadas pelo índice em outubro. A lista foi ordenada segundo a variação mensal.

(*) Dados realizados e projeções dos Indicadores Econômicos do Banco Central

Fontes: Índice FipeZap e Banco Central

Veja na tabela abaixo o preço médio do metro quadrado anunciado em cada cidade em  outubro de 2014:

 

Fonte: Exame.com *Matéria na íntegra disponível no site