25/09/2014 - Alimentação especializada gera 11 mil novos empregos no primeiro semestre

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Pesquisa revela que 710 novas franquias deste setor foram abertas de janeiro a junho deste ano

Não foi somente o fast food que apresentou grande crescimento no primeiro semestre deste ano. O setor de alimentação especializada ganhou 710 novas franquias de janeiro a junho, fazendo com que a rede no Brasil chegasse a 11 mil unidades. O levantamento é da Rizzo Franchise, empresa de pesquisas sobre o desempenho do franchising na economia brasileira.

Este setor, que foi o terceiro que mais cresceu este ano e compreende os ramos de bebidas, chocolates, churrascarias, crepes, doces, sucos, dietéticos, salgados, empórios, frozen e sorvetes, gerou, somente no primeiro semestre, 10.932 novos empregos diretos e já apresenta uma receita total de R$ 33 milhões – mais de R$ 1,5 milhão do que no ano passado.

A Coxinha Du Chef, especializada em coxinhas de sabores inusitados, como bife à parmegiana, quibe e as coxinhas doces de brigadeiro, doce de leite e panettone, teve seu maior crescimento nos primeiros meses. Foram seis franquias inauguradas e mais sete já comercializadas em processo de reforma ou procura do ponto comercial. “Cada vez mais as pessoas procuram novidades para fugir dos tradicionais fast foods para aquela fominha fora de hora e a procura de pessoas interessadas em abrir uma franquia nossa só aumenta a cada dia”, conta Renato Iarussi, um dos proprietários da Coxinha Du Chef.

Outra franquia que tem inaugurado mais de uma loja por mês e duplicou o número de unidades este ano é o Mr. Cheney, rede de cookies e doces tipicamente americanos, como cheese cake, brownie, torta de maçã e outros. Com 37 lojas, a rede acaba de inaugurar sua fábrica em São Paulo para atender as mais de 300 lojas que vai abrir nos próximos cinco anos. “Nosso negócio é um sucesso porque nossos produtos são únicos, com receitas tradicionais americanas, num ambiente charmoso, que lembra as cookies stores dos Estados Unidos”, explica Lindolfo Paiva, fundador do Mr. Cheney.

 

Fonte: Empreendedor.com