11/09/2014 - Identifique as limitações da sua empresa

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

Efetuar um diagnóstico mostra se o negócio tem problema de foco ou de diversificação e aponta as soluções

Micro e pequenas empresas podem encontrar dificuldades em se estabelecer no mercado. Algumas não conseguem vender seus produtos ou serviços e criam estoques que não giram ou mantêm uma equipe ociosa e desmotivada. Já outros negócios não suprem a demanda e, consequentemente, frustram as expectativas de seus clientes quando assumem compromissos que não são capazes de atender.

Ambas as situações podem ser agravadas por dificuldades financeiras ou pela falta de colaboradores qualificados, entre tantos outros fatores. No entanto, o diagnóstico da dificuldade que mais afeta a empresa – foco ou diversificação – é fundamental para iniciar a busca da causa dos problemas e de soluções para chegar a um cenário favorável no ambiente organizacional, promovendo a sustentabilidade do empreendimento.

Se a empresa não consegue vender seus produtos ou serviços, os problemas podem estar relacionados a fatores como custos elevados e, portanto, preços não competitivos, divulgação ineficiente e poucos diferenciais na comparação com a concorrência. Por outro lado, não conseguir suprir a demanda geralmente está ligado à capacidade de produção, o que pode envolver gargalos como o dimencionamento da capacidade produtiva, distribuição errada de pessoal e de tarefas e movimentação de materiais.

Se o problema está na comercialização, o foco na busca de soluções está relacionado a conhecer as necessidades e as expectativas dos clientes e à forma de se comunicar com eles. Ou seja, se os clientes atuais e potenciais realmente são conhecidos, por meio de levantamentos ou mecanismos que permitam entender o que eles buscam e quais diferenciais valorizam, ou se isso é feito por “achismo”. A empresa apresenta atrativos em relação à concorrência ou apenas oferece mais do mesmo?

Além disso, muitas vezes, os canais de comunicação utilizados para oferecer os produtos ou serviços não são os mais adequados, levando a empresa a gastar muito dinheiro e ter poucos resultados. Nesse caso, a solução passa por buscar uma nova forma de chamar a atenção de seus clientes. O objetivo é mostrar como sua empresa é diferente e pode atender melhor às expectativas deles, seja em termos de preço, prazo, condições de atendimento, qualidade etc.

Quando há o diagnóstico de que o problema está na produção, a ênfase deve ser dada na identificação dos fatores que afetam a fabricação dos produtos ou a realização dos serviços. Envolvem considerações sobre a preparação e a manutenção das máquinas e equipamentos e a capacitação do pessoal, além da clareza sobre os processos produtivos, as tarefas a serem realizadas e seus responsáveis. Aqui vale a metáfora de que a força de uma corrente é determinada pelo seu elo mais fraco. Ou seja, é necessário saber o que emperra ou restrige a capacidade produtiva da organização. Fortaleça o elo mais fraco!

Sendo assim, embora uma empresa precise atuar nos dois focos apresentados, tendo em mente a escassez de tempo e de recursos, a identificação da situação que mais a afeta – foco ou diversificação –  é um ponto de partida para aquela que está enfrentando dificuldades em se manter no mercado, podendo ser um critério para priorizar suas ações na busca de soluções.

 

Fonte: Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios