16/07/2014 - Bares de Curitiba tiveram um acréscimo de vendas de até 200% durante a Copa

CLIPPING - NOTÍCIAS DOS PRINCIPAIS VEÍCULOS DO PAÍS

 

O evento que movimentou o Brasil durante 32 dias propiciou números positivos para os bares da capital paranaense

A Copa do Mundo chegou ao fim, mas deixou números positivos para empreendimentos gastronômicos paranaenses, segundo dados da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes do Paraná (Abrasel - PR), divulgados nesta terça-feira, 15. De acordo com a entidade, os bares aumentaram suas vendas em aproximadamente 30%, mas, em regiões mais frequentadas por turistas e grupos brasileiros, esse aumento chega a 200%.

Sede de quatro jogos da Copa do Mundo, Curitiba recebeu milhares de turistas brasileiros e estrangeiros, que circularam pela cidade durante a competição. Devido ao perfil do público do evento, os grandes beneficiados pelo evento foram os bares das regiões turísticas da capital paranaense. “A Copa do Mundo foi muito positiva para os bares curitibanos. Após analisar os turistas das últimas edições da competição, isso já era esperado. Estávamos tratando de homens com uma média de idade de 30 anos. Ou seja, um público que busca cerveja e muita diversão, perfeito para bares e casas noturnas”, explica Marcelo Woellner Pereira, presidente da Abrasel – PR.

Entretanto, restaurantes e fast foods não contabilizaram um aumento no volume de vendas. Os dados da entidade apontam para uma redução média de 15% no faturamento com a venda de almoço e jantar, especialmente nos restaurantes de shoppings centers da capital. “Além do perfil do público, consideramos que as férias escolares contribuíram um pouco para essa redução, já que estamos tratando de um período em que o curitibano costuma viajar bastante. Essa diminuição é tradicional nesta época do ano”, detalha Marcelo Woellner Pereira.

De acordo com a Abrasel, somando todos os números o faturamento nacional chegou perto dos R$ 11 bilhões, ficando muito próximo dos R$ 12 bilhões projetados antes do mundial, totalizando um aumento de 20% com relação ao mesmo período do ano passado. “No Paraná, a movimentação motivada pela Copa do Mundo, que começou a trazer turistas para o Estado já nos primeiros meses do ano, representou um aumento de 7% com relação ao mesmo período do ano passado”, explica o diretor executivo da Abrasel – PR, Luciano Bartolomeu.

Além disso, segundo dados do Ministério do Trabalho, os bares e restaurantes curitibanos foram os que mais contrataram funcionários durante a Copa do Mundo: 911 no total. Na segunda posição aparece a cidade de Belo Horizonte, com 415 contratações. “Analisando todos esses aspectos, fica claro que a capital paranaense ganhou muito com a Copa do Mundo. Esse aquecimento do setor deve seguir nos próximos anos por causa da exposição que a cidade teve nos últimos meses. Temos muitos motivos para comemorar”, completa Bartolomeu.

 

Fonte: Bem Paraná